Positivo do seu jeito

Tendências

Realistic Earth centered on the North American continent, with stars in the background

Site mostra como os seres humanos estão mudando o planeta comparando imagens da NASA

15 de Maio de 2018

por: MKT Positivo

A maneira como lidamos com o meio ambiente é tema de debate entre especialistas, governos e empresas. Os efeitos do aquecimento global propagados pela mídia não são apenas uma teoria. Uma prova disso é que podemos ver como os seres humanos estão mudando o planeta Terra, especialmente nas últimas décadas.

Utilizando imagens da NASA – a Agência Espacial Norte-Americana – os criadores do site EarthData elaboraram uma série de vídeos no estilo timelapse que mostram como partes do nosso planeta se transformaram ao longo das últimas três décadas. Os resultados, infelizmente, nos fazem ligar um sinal de alerta.

®GIPHY

O planeta Terra de hoje

O planeta Terra de hoje é diferente daquele que os satélites capturaram há 30 anos. Os itens mais evidentes que podemos perceber, especialmente em regiões costeiras, é a expansão do mar e a diminuição das áreas terrestres. Com o aumento médio das temperaturas, o nível das águas tende a subir e, com isso, as porções de terra diminuem.

®RECODE/GOOGLE

Áreas com barreiras de corais também foram afetadas pelo mesmo fenômeno. Ou seja, nas regiões em que elas eram abundantes na década de 80, hoje se tornaram muito mais raras. Uma prova de que devemos nos preocupar bastante com os avanços do aquecimento global por meio de medidas que reduzam a intensidade com que isso ocorre.

Um raio-X do nosso mundo

Disponível apenas em inglês, o site EarthData é uma valiosa fonte de informações para jornalistas, pesquisadores e estudantes. Há muitas categorias a serem observadas e os vídeos nos ajudam a perceber os impactos do passar do tempo de uma forma bastante incisiva.

®EARTFTIME

É possível observar os efeitos do desmatamento, do derretimento das geleiras, do uso de fontes de energia renováveis, das queimadas e do crescimento populacional em determinadas regiões. Todos esses temas estão disponíveis já na página inicial e você pode se aprofundar em cada um deles se assim desejar.

Em 1984
Em 2016

Em geral, a maior parte dos dados de satélite se referem aos Estados Unidos, pois o site é focado no público norte-americano. Entretanto, em muitas ocasiões podemos analisar o que acontece em outras regiões do globo e ver os efeitos do aquecimento global ou mesmo das migrações populacionais como um todo.

Cruzamento de dados: causa e consequência

Outra grande oportunidade que o site oferece é a de cruzamento de informações para que se possa chegar a conclusões mais precisas. Por exemplo, você pode relacionar o aumento populacional em Shangai, na China, com o aumento da poluição e o consequente desmatamento de muitas áreas.

®EARTFTIME

Para oferecer essas informações, a equipe de desenvolvimento do site se utilizou de mais de 300 fontes de diversas partes do mundo, incluindo o Banco Mundial, o Berkeley Earth e a WWF. Patrocinam essa iniciativa empresas como JP Morgan Chase, S&P Global e Heinz Endowments.

Fonte(s): Recode

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.