As demandas de uma empresa para o desempenho de seus computadores são muito diferentes das exigidas pelo ambiente doméstico. Esses equipamentos são responsáveis por auxiliar o desenvolvimento e o sucesso dos negócios. Por isso, é preciso escolher suas configurações com inteligência.

Os processadores Intel são os que mais se destacam no mercado, graças à alta performance que oferecem. No ambiente corporativo, são praticamente dominantes. Por isso, mostraremos aqui a importância de ter um processador com foco em produtividade, além de detalhar as características de 4 dos mais eficientes da Intel. Confira!

Por que ter um processador com foco em produtividade?

O computador corporativo tem certas particularidades em relação aos demais. Sua capacidade de processamento exerce um papel fundamental, já que as aplicações e softwares vêm exigindo performances cada vez melhores das máquinas. E até mesmo o espaço de armazenamento contribui para esse processo.

Com a transformação digital e a possibilidade de escolher, por exemplo, entre notebooks empresariais e o All in one, a nuvem se tornou uma opção muito mais acessível. Entretanto, mesmo que seja para armazenamento, sua utilização aumenta a carga de trabalho dos processadores. Sistemas de segurança da informação, por exemplo, também exigem um desempenho de alto nível.

Portanto, é essencial garantir um modelo com foco em produtividade, já que ele será o cérebro do computador. A velocidade de processamento das instruções de trabalho dependem diretamente dele. Por isso, a Intel (que detém hoje cerca de 90% do mercado) desenvolve e oferece diferentes alternativas para atender a cada perfil de usuário.

Como cada empresa tem seu próprio conceito de produtividade, a depender do setor em que atua e da estratégia de negócios, cabe ao gestor de TI definir qual processador atende melhor às suas demandas. Por isso, destacaremos aqui as principais qualidades dos diferentes processadores Intel.

1. Core i9 X-Series

Ao anunciar a série X de processadores, a Intel elevou o nível de qualidade a um novo patamar. O Core i9 é o modelo indicado para os chamados usuários hardcore, que precisam de um desempenho realmente assombroso de seus processadores.

E não é para menos! O modelo de entrada, o Core i9-7900X, conta com nada menos que 12 núcleos e 24 threads. Sua frequência-base é de 3,3 GHz e pode chegar a até 4,5 GHz. Na mesma linha, temos ainda o i9-7920X (com 12 núcleos e 24 threads), o i9-7940X (com 14 núcleos e 28 threads), o i9-7960X (com 16 núcleos e 32 threads) e o i9-7980XE (com surpreendentes 18 núcleos e 36 threads).

Estamos falando de processadores extremamente poderosos que podem equipar os computadores de funcionamento mais importante da sua empresa. Vale destacar que a tecnologia da família X-Series, totalmente baseada em arquiteturas Kaby Lake X e Skylake X, tende a renovar também os modelos que citaremos a seguir.

2. Core i3

Atualmente, o Core i3 se encontra na sua oitava geração e continua agradando a diversos perfis de usuários — inclusive corporativos. O motivo é simples: em geral, ele conta com apenas dois núcleos de processamento, mas não deixa de mostrar a impressionante capacidade de trabalho da Intel.

Computadores que rodam tarefas de rotina e até mesmo intermediárias podem ser mantidos tranquilamente com um i3. Alguns gamers, inclusive, utilizam esse modelo em parceria com uma placa de vídeo para rodar jogos que exigem bastante da máquina — e não costumam ter problemas.

Somado ao baixo custo, trata-se de uma opção bastante interessante para quem quer equipar os computadores padrão da empresa — a não ser que a maioria dos funcionários tenha uma alta exigência por desempenho. Nesse caso, a próxima opção é mais adequada.

3. Core i5

O Intel Core i5 é um processador que pode atender à maioria das empresas e corporações, independentemente de sua área de atuação. Ele tem um alto poder de processamento e pode suprir a demanda de grandes cargas de trabalho sem apresentar problemas.

Além disso, o i5 tende a acompanhar o desenvolvimento da Intel ainda por muitos anos, o que significa que não vai se tornar obsoleto tão cedo. Outro grande benefício é que ele é capaz de manter o processamento dentro da margem de segurança, na maioria dos casos.

Ou seja, o padrão de exigência das aplicações de sua empresa pode ser atendido e o processador ainda mantém uma margem de folga. Se uma nova atividade exige um pouco mais de desempenho, ela pode ser executada com tranquilidade.

Para complementar, a linha i5 conta com a tecnologia chamada Intel Turbo Boost, que funciona justamente para incrementar o desempenho durante atividades que exigem um rendimento maior.

Isso faz do i5 o processador mais indicado para o ambiente corporativo, já que se trata de um investimento em tecnologia relativamente baixo por uma performance bem alta.

4. Core i7

Para quem é mais exigente com o poder de processamento e pode investir um pouco mais, o Core i7 é a opção ideal. Em geral, ele é o favorito de profissionais que lidam com design, processamento imagem, áudio e vídeo etc.

No caso dos gamers, por exemplo, ele não costuma fazer tanta diferença pois o i5 atende tranquilamente às suas demandas. Entretanto, para o ambiente corporativo, certos ganhos de velocidade que ele alcança podem impactar positivamente nos resultados, gerando valor para os negócios.

Nesse caso, vale a pena investir na geração mais recente do i7, já que ela pode oferecer o que há de melhor desse processador. Entretanto, é preciso ficar atento! Se o que sua empresa busca é desempenho de ponta, não adianta investir em um Core i7 para implementá-lo em um computador ultrapassado.

As outras especificações do PC também devem atender aos requisitos de desempenho que você busca. A produtividade está diretamente relacionada à capacidade do processador, mas um computador obsoleto certamente vai comprometer o resultado final.

E, na hora de escolher uma máquina, não se esqueça de levar em consideração questões como a redução do consumo de energia e a garantia de segurança da informação. Modelos All in one, por exemplo, podem atender com tranquilidade a essas demandas sem comprometer a performance do processador.

Faça uma análise em sua empresa e veja se seus computadores estão rendendo o suficiente em suas atividades. Os processadores Intel podem ser ótimos aliados para quem busca gerar valor para os negócios por meio de tecnologia de ponta!

Quer o auxílio de quem mais entende do assunto para fazer sua escolha? Então entre em contato com a Positivo e fale com nossos especialistas!

Escreva um comentário

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.

Share This