Na área da Psicologia, há muito tempo se sabe que metas e recompensas têm um papel importante na motivação do ser humano. Os jogos são uma estratégia para conciliar esses dois elementos e tornar a conquista de qualquer objetivo mais lúdica e prazerosa, potencializando a ação das pessoas. Por essa razão, a gamificação nas empresas é uma tendência que tem conquistado espaço, chegando aos processos seletivos.

Você sabe como utilizá-la como um diferencial para atrair talentos e acertar nas contratações? Então, não perca este post. Começaremos explicando o conceito, mostrando como a gamificação está chegando às empresas, as vantagens de aplicá-la aos processos seletivos e como fazer isso. Confira!

O que é gamificação?

A gamificação é um conceito cada vez mais presente não só no mundo empresarial, mas também na educação, na fidelização de clientes, nos programas de treinamento e em muitas atividades realizadas hoje em dia. Não se trata simplesmente de promover um jogo de entretenimento. É a aplicação de uma lógica às tarefas cotidianas com o objetivo de aumentar a motivação e melhorar o desempenho dos envolvidos.

Podemos definir a gamificação como uma abordagem que utiliza os elementos presentes em um jogo para proporcionar uma experiência envolvente aos participantes. As metas e recompensas que mencionamos no início estão entre os principais, porém é possível acrescentar ainda a organização das atividades em níveis de dificuldade progressiva, criação de regras claras, aplicação de controles e feedback imediato.

Como os gestores utilizam a gamificação nas empresas?

As empresas, especialmente quando querem engajar as novas gerações, costumam ser muito abertas a tendências que resultam em aumento da motivação. Por isso, elas estão aplicando a lógica da gamificação em diversas atividades corporativas e gestão de pessoas. Elas estabelecem desafios que os colaboradores devem cumprir, sempre alinhados aos objetivos estratégicos da companhia. Então, propõem programas de pontos baseados nas metas alcançadas e oferecem recompensas aos funcionários.

A gamificação conquistou um grande espaço quando falamos em equipes que trabalham com projetos e metas bem definidas. Sua aplicação traz aumentos consideráveis na produtividade dos colaboradores e na qualidade dos serviços.

Além disso, ela tem sido usada para incentivar a adesão a programas de treinamento. Em vez de palestras convencionais, muitas companhias estão envolvendo seus funcionários com jogos de conhecimentos sobre o tema e até games imersivos com óculos de realidade virtual.

As recompensas para os participantes são virtuais (como as medalhas ou “badges”) ou reais. Um exemplo dessa última categoria são os pontos que o funcionário pode trocar por alguma espécie de vantagem, como um dia de folga ou, dependendo da generosidade da empresa, uma viagem.

Quais são as vantagens de aplicar a gamificação ao processo seletivo?

Atualmente, as seleções de candidatos enfrentam novos desafios. As empresas valorizam cada vez mais o fit cultural e não apenas a formação acadêmica, experiência profissional, certificados e qualificação técnica. Como essa aderência depende de fatores comportamentais, nem sempre é fácil identificá-la apenas realizando uma entrevista convencional.

A gamificação surge como uma excelente alternativa para identificar esses traços comportamentais. Afinal, mesmo que as pessoas sejam preparadas para uma entrevista de emprego e aprendam a dar as “respostas certas”, elas geralmente têm atitudes mais espontâneas quando participam de um jogo. É nessas situações que elas demonstram sua competitividade, capacidade para trabalhar em equipe, acatar sugestões alheias em prol de um objetivo comum e interagir de maneira produtiva.

Portanto, a gamificação traz as seguintes vantagens ao processo seletivo. Conheça-as!

Facilidade para identificar e captar talentos

Um dos maiores desafios para as empresas é captar profissionais capazes de promover a inovação. A grande questão é que esses talentos normalmente não se identificam com ambientes de trabalho muito tradicionais, que tendem a limitar a criatividade. Uma das oportunidades que eles têm de conhecer um pouco da cultura organizacional é justamente o momento do processo seletivo.

Por isso, a gamificação é uma ferramenta que ajuda a projetar uma percepção positiva da empresa para esses profissionais inovadores. Eles entendem que se o processo seletivo é desafiador, a companhia está aberta a uma mudança de paradigma e à inovação. Aos poucos, esses candidatos começam a falar dessa característica nos círculos que frequentam, projetando essa imagem e facilitando a captação de outros com o mesmo perfil.

Melhor comunicação com os candidatos

Em um processo gamificado, as regras costumam ser claras — exatamente como em um jogo. Por isso, os candidatos entendem exatamente o que o recrutador espera deles em cada uma das tarefas, o que melhora o seu desempenho nas atividades. Além disso, os games têm um objetivo bem-definido e, ao final, o resultado mostra se o indivíduo ou a equipe foram bem-sucedidos.

Esse tipo de situação proporciona uma comunicação clara, direta e eficaz. O feedback imediato facilita a avaliação da postura do candidato por parte da empresa e até por ele mesmo. Os participantes não se sentem enganados por pegadinhas e conseguem analisar o próprio desempenho.

Possibilidade de avaliar as competências dos candidatos

Os games mostram se o candidato é capaz de aplicar conhecimento teórico para solucionar desafios. Por isso, eles são uma excelente opção para processos seletivos. A empresa pode usar um quiz para avaliar o conhecimento dos pretendentes à vaga sobre um determinado tema.

Ela também tem a possibilidade de apresentar situações semelhantes às atividades do cargo em questão e exigir que usem determinadas competências para passarem de nível.

Contratações certeiras

Por todas essas razões, a gamificação permite que os recrutadores conheçam os candidatos de uma forma mais ampla. As situações vivenciadas no jogo mostram o conhecimento, a capacidade dos profissionais para aplicá-lo, as competências que desenvolveram e os traços comportamentais. Com essa visão abrangente, a contratação se torna muito mais certeira.

De que forma a gamificação pode ser aplicada ao processo seletivo?

Vamos, então, mostrar de que forma a gamificação pode ser aplicada aos processos seletivos. Conheça alguns exemplos!

Competições criativas

Se a contratação da empresa tem como objetivo aumentar seu potencial de inovação, essa é uma ótima ferramenta de seleção. Para isso, a equipe de recrutamento deve criar uma atividade dinâmica em que os candidatos precisam propor soluções inovadoras. Se for possível conciliar desafio e diversão, os resultados serão ainda melhores.

Jogos interativos

Algumas companhias já conseguiram transformar as situações de rotina de seus funcionários em jogos. Essa simulação virtual permite que o candidato mostre se tem as habilidades necessárias para desempenhar aquele papel. Outras situações, como os Escape Games, exigem que os profissionais demonstrem conhecimento para solucionar as pistas e que trabalhem em equipe.

Apresentações dinâmicas

A apresentação dos candidatos durante uma entrevista não precisa ser formal. Aliás, é possível transformá-la em uma oportunidade para eles revelarem talentos, engenhosidade, senso de humor e facilidade de adaptação. Em grupo ou individualmente, esse momento pode ser conduzido a partir do uso de cartas com perguntas relacionadas aos conhecimentos exigidos para a função e as competências do indivíduo. Porém, a atividade deve ser planejada com cuidado e bom senso para evitar situações constrangedoras.

Finalmente, a gamificação nas empresas, especialmente nos processos seletivos, ajuda as companhias a avaliarem aspectos que não teriam a oportunidade de analisar em entrevistas formais ou teóricas. Esse tipo de estratégia evidencia as soft skills, que são diferenciais importantes para as organizações que desejam alcançar uma performance de alto nível e conquistar uma posição de destaque no mercado.

Quer saber mais sobre essas soft skills e sua importância para a carreira em TI? Continue no blog e confira nosso post sobre esse tema!

Escreva um comentário

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.

Share This