Tudo o que você precisa saber sobre o novo Android P que será lançado em 2018

Entre os dias 8 e 10 de maio, a Google realizou, em Mountain View, nos Estados Unidos, mais uma edição da Google I/O, conferência para desenvolvedores organizada anualmente. Entre as muitas atrações reveladas pela empresa, ela detalhou ao público tudo sobre o Android P, a versão 9.0 do sistema operacional mobile.

Ainda sem um nome oficial, o Android P está previsto para ser disponibilizado no mercado internacional no último trimestre de 2018, possivelmente no final do mês de outubro. Para a edição deste ano, a empresa apostou em novidades que possam facilitar a sua vida fazendo com que você utilize menos o smartphone.

Vamos conhecer quais são as novidades que estarão presentes na próxima versão do sistema operacional mobile mais utilizado no mundo.

®GIPHY

Você menos dependente do smartphone

O uso excessivo de celulares tem se tornado um problema para muitas pessoas e a Google espera oferecer a partir de agora ferramentas de controle com relação a isso.

Um novo painel vai mostrar com que frequência, quando e por quanto tempo você utilizou um aplicativo. Será possível programar um “tempo máximo de uso por dia” e o sistema vai se encarregar de avisá-lo quando o tempo tiver sido excedido.

®GOOGLE & THE VERGE

®GOOGLE & THE VERGE

Esses recursos podem ser particularmente interessantes para quem deixa os celulares nas mãos de crianças, pois poderá ser controlado por meio das ferramentas de controle parental.

A customização de tempo de uso e as estatísticas de utilização podem ser visualizadas facilmente de forma gráfica, uma decisão que aposta em um uso mais consciente do produto.

Você pode ainda configurar o modo “Wind Down”, uma espécie de “Não perturbe” mais inteligente. Ao programar um horário para dormir, automaticamente o aparelho entre em modo de hibernação, com a tela ganhando tons de cinza. Será um lembrete visual com relação à sua expectativa. Nessa hora, as notificações também desaparecem.

Navegação por gestos

O Android P inclui ainda uma interface que aposta nos gestos como uma forma de controle do aparelho. A empresa aposta que essa será uma das maiores mudanças para os usuários em muitos anos, pois haverá a possibilidade de “reaprender” como utilizar alguns recursos.

®GOOGLE & THE VERGE

®GOOGLE & THE VERGE

Deslizar o dedo para cima a partir da metade do botão Home o levará para uma tela com os apps em execução e deslizar o dedo para cima a partir da parte de baixo do botão abrirá a bandeja de aplicativos. Não haverá mais aquele botão multitarefa com o qual você muito provavelmente já estava acostumado.

O botão Home, mantido no Android, ganhou novos comandos:

  • Tocar: vai para a tela inicial
  • Pressionar por mais tempo: abre o Google Assistente
  • Deslizar a partir da metade para cima: mostra os apps em execução
  • Deslizar a partir de baixo: abre a bandeja de aplicativos
  • Arrastar para a direita: abre a lista de apps recentes

Novas apostas em inteligência artificial e machine learning

Os investimentos da Google em inteligência artificial também devem se fazer presentes na versão 9.0 do Android. Tornar o celular mais inteligente e preditivo, aprendendo a partir do seu comportamento, é algo que já está em curso no Android Oreo, mas deve ser aprimorado.

O sistema operacional vai ficar de olho nos aplicativos que você abre e poderá fechar aqueles em segundo plano que você não estiver utilizando. Baseado no seu comportamento é que ele vai decidir a probabilidade de fechar os apps ou não. Os ajustes de intensidade de brilho também devem ganhar configurações similares.

®GOOGLE

®GOOGLE & THE VERGE

As buscas também ganham um nível extra de inteligência. Se você fizer uma pesquisa e ela tiver relação com um app, os resultados exibidos podem ser obtidos de dentro dos aplicativos.

Um exemplo: se você pesquisar um endereço e citar o Uber, o sistema pode abrir diretamente o aplicativo do Uber e não o Maps, como seria de praxe. É o contexto que vai determinar qual é a melhor alternativa.

Mudanças mais usuais do que internas

Como você deve ter percebido, as mudanças previstas para a edição de 2018 do Android são mais focadas em usabilidade do que em sistema, como ocorreu no ano passado. Isso representa um grande atrativo para os usuários, que tendem a apreciar mais essas mudanças.

O mistério permanece com relação ao nome da versão do SO. Como é costume, o Google escolhe o nome de um doce, seguindo a ordem alfabética, para cada versão. Agora chegou a vez da letra “P”. Termos como “Popsicle” (“picolé”) e “Pumpkin Pie” (“torta de abóbora”) são os favoritos. A revelação do nome oficial deve ocorrer mais próximo da data oficial de lançamento.

Fonte(s): The Verge e Google I/O 2018

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
Bateria carregada em 3D.

Indicador de saúde da bateria pode chegar ao Android

Mulher contando segredo sobre os mitos da tecnolgia que todo mundo já caiu.

6 mitos sobre tecnologia que muita gente já caiu

Logo do Google Gemini.

Gemini: o que é e como usar a IA do Google

Teclado de um notebook em 3D com uma tecla com um ponto de interrogação, expressando a dúvida entre instalar Linux ou Windows.

Linux ou Windows: compare os recursos dos sistemas para PC

Crianças em uma sala de aula moderna e usando tecnologia.

Como a tecnologia melhora o processo de aprendizagem escolar?

Satélites em órbita ao redor da Terra.

Primeiros satélites que fornecem rede a celulares são lançados pela Starlink

Inscreva-se na nossa

Newsletter


    Ao clicar em “enviar” a Positivo Tecnologia tratará os seus dados de acordo com a Política de Privacidade e Cookies.