Positivo do seu jeito

Tecnologia

4 anos do Windows 10: relembre os principais recursos lançados no sistema operacional

4 de agosto de 2019

por: MKT Positivo

No último dia 29 de julho o sistema operacional Windows 10 completou 4 anos no mercado. Nesse período, ele se consolidou como uma das versões mais estáveis e eficientes já disponibilizada pela Microsoft.

Segundo dados da própria empresa nada menos do que 87,4% dos computadores do mundo contam com um versão do Windows instalada. Desse montante, pelo menos 40% deles têm o Windows 10 rodando – e esse percentual não para de crescer.

4-anos-do-windows-10
®GIPHY

Transformações ao longo dos anos

Quando chegou ao mercado, em 29 de julho de 2015, o Windows 10 tinha como proposta reformular a experiência dos usuários com o sistema operacional. Versões anteriores – Windows XP, Windows 7 e, especialmente, o Windows 8 – acumulavam problemas que pareciam insolúveis.

A empresa apostou em um novo modelo de comercialização do software e liberou até mesmo atualização gratuita para os usuários em seu primeiro ano. Depois, liberou diversas atualizações que além de corrigir falhas de sistema serviram para aperfeiçoar a forma como interagimos com a plataforma.

Você se lembra como era o Windows 10 quando ele chegou ao mercado?  Vamos voltar no tempo e relembrar como era a experiência.

A volta do Menu Iniciar

Os usuários do Windows 8 nunca aceitaram muito bem o fato de que a Microsoft acabou com o Menu Iniciar. Por isso, no Windows 10 ela trouxe o recurso de volta, porém modernizado, com um design diferenciado e recursos extras úteis para os consumidores.

menu-iniciar-windows10

Além de atalhos para aplicativos, foi bem recebida também a possibilidade de personalizar o tamanho e a posição dos itens de menu. O recurso de exibição em ordem alfabética dos aplicativos instalados bem como o destaque para aqueles usados recentemente foram boas alternativas de organização.

Cortana: o início da era dos assistentes virtuais

Demorou bastante até que a Cortana ganhasse uma versão compatível com a língua portuguesa, mas desde o início a assistente virtual foi uma das apostas da Microsoft. Por meio de comandos de voz, a ferramenta permite adicionar lembretes, fazer buscas ou verificar a previsão do tempo.

cortana-windows-10

Apesar de as funcionalidades serem realmente interessantes, esse é um recurso que não caiu muito nas graças dos usuários, especialmente os brasileiros. O número de pessoas que o utilizam ainda é pequeno se comparado ao total instalações.

Central de notificações

Depois de termos nos acostumado com as notificações nos smartphones, é muito difícil conceber a ideia de que em algum momento não existia uma forma de centralizá-las. Nos PCs, essa possibilidade passou a existir com a Central de Notificações.

central-de-notificacoes-windows-10

Por meio dela, os usuários passaram a receber alertas de atualizações disponíveis, notificações de novos e-mails e até mesmo ofertas da Microsoft. Discreto e com visual caprichado, o recurso se integrou com naturalidade ao SO.

Nova suíte de apps nativos

O Windows 10 marcou o fim do Windows Media Player, curiosamente um dos aplicativos mais utilizados em versões anteriores. Em seu lugar entraram em cena apps como Fotos e Filmes e TV. O serviço Groove Música, uma das apostas da Microsoft na época, já foi descontinuado.

story-remix-windows-10

Outros apps nativos ganharam uma nova roupagem e permaneceram, como Calculadora, Calendário e E-mail. O Skype, remodelado, foi incorporado ao SO. Por fim, somente dois anos depois do lançamento do Windows 10 é que os usuários voltaram a ter um bom editor de vídeos: o Windows Story Remix, que deu lugar ao Windows Movie Maker.

…..

Você tem saudades da época do lançamento do Windows 10? Você acredita que ao longo desses quatro anos o sistema operacional da Microsoft evoluiu? Participe deixando a sua opinião nos comentários.