Positivo do seu jeito

Dicas

Como usar o Facebook com o mínimo de exposição de dados pessoais?

4 de Abril de 2018

por: MKT Positivo

O escândalo envolvendo a empresa Cambridge Analytica e o Facebook, que resultou na exposição dos dados de milhões de pessoas, acendeu um sinal de alerta para muitos usuários da rede social: afinal, é seguro continuar compartilhando todas essas informações? Pelo sim e pelo não, muitos usuários têm procurado meios de como usar o Facebook sem exposição.

®GIPHY

Sim, é possível reduzir bastante o número de informações que a rede social coleta de você e, ainda mais importante, dá para diminuir a quantidade de conteúdo relacionado às suas preferências que você divide com terceiros. Nesse artigo, vamos abordar em detalhes esse assunto para que você tenha acesso a alguns truques para diminuir os seus rastros no Facebook.

Desabilite a sua localização

A sua localização é um dos dados mais importantes utilizados pelo Facebook para oferecer anúncios que tenham relação com os seus eventuais interesses. É isso que faz que sejam exibidos para você propagandas de lojas da cidade em que você está e não de alguma outra aleatória em qualquer parte do mundo.

Além disso, por meio da sua localização, a plataforma tem insights de para onde você vai, quais lugares visita e outras projeções do gênero. Todas essas informações são cruzadas para que o índice de acertos nos anúncios seja o maior possível. Desabilitar a localização no Facebook é bastante simples.

Acesse “Configurações” e toque em “Localização”. Lá, encontre o app do Facebook e desabilite o acesso. Dessa forma, a rede social terá mais dificuldades para seguir os seus passos.

 

Se desfaça de apps e serviços de procedência questionável

Em algum momento da sua vida você já deve ter concedido acesso aos seus dados para apps de terceiros. Aquelas perguntas que exigem a sua autorização para compartilhar informações, por exemplo, estão entre eles. Se você nunca fez nada com relação a isso depois, é bem provável que até hoje eles possam estar coletando informações suas.

O que passou, já foi, mas você pode impedir que eles continuem coletando as suas informações:

Passo 1: acesse “Configurações” no Facebook e procure pela seção “Aplicativos” nas configurações da rede social. Nossa recomendação é que você faça isso na versão para Desktop, pois é mais fácil encontrar as informações.

Passo 2: lá, você verá todos os apps que você curtiu e nos quais você ainda está logado com o Facebook. Certamente você vai encontrar muita coisa por lá que não faz mais sentido algum para você. Aproveite e faça uma limpa e se livre desses “seguidores” inoportunos.

Limite as opções de compartilhamento

Essa talvez seja a opção mais complicada de editar, pois ela envolve encontrar o nível de privacidade ideal para você – o que varia de pessoa para pessoa. Certifique-se de fazer isso na versão para Desktop do Facebook para encontrar as informações.

Vá em “Configurações” e, depois, clique em “Privacidade” na coluna da esquerda.

Neste item, você encontrará uma série de perguntas sobre a privacidade das suas postagens, com várias respostas possíveis para cada uma delas. Os itens disponíveis são os seguintes:

  • Quem pode ver as suas publicações futuras?
  • Analise todas as publicações e os itens que você foi marcado
  • Limitar o público para as publicações que você compartilhou com Amigos de Amigos ou Público?
  • Quem pode lhe enviar solicitações de amizade?
  • Quem pode ver a sua lista de amigos?
  • Quem pode procurar você usando o endereço de email fornecido?
  • Quem pode procurar você usando o número de telefone fornecido?
  • Você deseja que mecanismos de pesquisa fora do Facebook se vinculem ao seu perfil?

Remova informações pessoais e restrinja as preferências de anúncios

O passo final é editar as informações do campo “Sobre” do seu perfil.

Lá você vai encontrar itens como os seguintes:

  • Visão geral
  • Trabalho e educação
  • Locais onde você morou
  • Informações básicas e de contato
  • Família e relacionamentos
  • Detalhes sobre você
  • Acontecimentos

Escolha com cautela quais informações tornar públicas e quais informações quer manter privadas. Elas dizem muito sobre aquilo que você já fez e, consequentemente, sobre as suas preferências.

Edite esses campos como achar mais conveniente, mas note que todas essas informações são secundárias e não vai fazer diferença alguma tê-las divulgadas no seu perfil ou não – porém, para os sistemas que rastreiam os perfis para encontrarem informações mais precisas, esse é um prato cheio.

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.