O que é USB 3.2? Nova tecnologia chega em 2019 com maior velocidade de transferência; veja o que muda

Uma nova geração de conectores USB está prestes a chegar ao mercado. Compreender o que é USB 3.2 é fundamental para que você entenda qual é o real avanço que essa tecnologia atingiu – e o que muda com as novas nomenclaturas.

Infelizmente, nem todas as mudanças são positivas. Se por um lado a velocidade limite de transferências aumentou consideravelmente – agora chega a 20 Gb/s –, por outro no que diz respeito às nomenclaturas as novidades são um tanto quanto confusas – e os usuários precisam ficar atentos para não comprar produtos errados.

®GIPHY

A evolução do padrão USB

Até se tornar a referência que é hoje, foram pelo menos 23 anos de evolução da tecnologia USB. Para se ter uma ideia, a versão 1.0 era capaz de transferir dados a uma velocidade de 1,5 Mb/s. Foi assim até o ano 2000, quando o upgrade para a versão 2.0 – e que ainda é utilizada nos dias de hoje – permitiu que se alcançassem velocidades de até 60 Mb/s.

Já o USB 3.0, presente nos dispositivos mais recentes, foi lançado há mais de uma década, em 2008. Ele é capaz de atingir até 625 Mb/s de velocidade de transferência. E o melhor de tudo: há compatibilidade com as gerações anteriores, ainda que com velocidade reduzida.

As coisas começaram a ficar um pouco mais confusas em 2013. Foi nesse ano que o USB Implementers Forum (USB-IF), entidade que controla todas as normas técnicas relacionadas ao padrão USB, anunciou a chegada do USB 3.1. Como novidade ele dobrou a velocidade de transferência, chegando a 1,25 Gb/s.

Confusões na nomenclatura

Numa decisão apoiada pelo departamento de marketing, o grupo decidiu renomear o padrão USB 3.0 para USB 3.1 Gen 1. Isso fez com que muita gente comprasse produtos de forma enganada, pois a diferença entre o USB 3.1 Gen 1 e o USB 3.1 é simplesmente o dobro de velocidade.

Por outro lado, para o USB-IF foi possível propagandear a “rápida” adoção do USB 3.1, uma vez que aumentou consideravelmente no mercado o número de dispositivos compatíveis. E é aí que chegamos a mais uma confusão, agora relacionada ao anúncio do USB 3.2.

A chegada do USB 3.2

Com a chegada do USB 3.2, a USB-IF decidiu mudar novamente as nomenclaturas. O que era USB 3.0 e tinha mudado de nome para USB 3.1 Gen 1 agora se chama USB 3.2 Gen 1. Já o USB 3.1 Gen 1 passou a se chamar USB 3.2 Gen 2. E o padrão mais recente foi batizado de USB 3.2 Gen 2×2.

O que esse 2×2 significa? É simples: o novo formato utiliza duas conexões de 10 GB/s para atingir a velocidade máxima de 20 Gb/s, ou seja, “duas vezes a geração 2”.

Toda essa confusão, novamente, é um decisão apoiada no marketing, apenas para mostrar que há um número enorme de dispositivos compatíveis com o USB 3.2 – sem especificar que se trata de três gerações de produtos.

Em termos técnicos, no entanto, as novidades são positivas. O USB 3.2 Gen 2×2 consegue transferir dados a velocidades de até 20 Gb/s, contra 10 Gb/s do USB 3.2 Gen 2 e 5 Gb/s do USB 3.2 Gen 1. Além disso, a retrocompatibilidade permanece, mas sempre limitada à velocidade máxima 06

Em outras palavras, isso significa que o consumidor deve redobrar a atenção na hora de comprar um dispositivo USB 3.2. Isso porque, dependendo da nomenclatura, pode ser que a velocidade máxima seja de apenas 25% com relação à possibilidade plena.

O seu USB 3.0 e um USB 3.2 Gen 1, na prática, são o mesmo produto. Porém, comparado ao USB 3.2 Gen 2×2 a diferença é bastante significativa. A novidade começará a ser embarcada em computadores e notebooks a partir de 2019, mas deve demorar pelo menos uns dois anos até que ela comece a ganhar fatias mais significativas de mercado.

Fonte(s): USB Implementers Forum e ArsTechnica

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
Robô bonitinho sentado em uma escrivaninha estudando, mostrando como a inteligência artificial pode ajudar nos estudos.

Saiba como usar as IA para potencializar seus estudos

Mulher dona de um pequeno negócio usando inteligência artificial em um computador para otimizar seu trabalho.

11 dicas para usar IA no crescimento do seu negócio

Casal assistindo séries da Netflix sentados em um sofá comendo pipoca.

14 séries imperdíveis para você assistir na Netflix sem medo de ser feliz

Homem cobrindo o rosto com várias notas de dinheiro em formato de leque.

Como ganhar dinheiro com inteligência artificial

Mulher segurando um confrinho em formato de porco, simbolizando as ecnonmias ao comprar online.

Compare e economize: 9 apps para comparar preço antes de comprar

Vários desenhos de dispositivos eletrônicos formando um círculo. No centro, há um prédio com o G do Google, e em seu topo há uma nuvem, representando o armazenamento em nuvem do Google Drive.

Google Drive tem funções que vão melhorar a sua forma de trabalhar

Inscreva-se na nossa

Newsletter


    Ao clicar em “enviar” a Positivo Tecnologia tratará os seus dados de acordo com a Política de Privacidade e Cookies.