Positivo do seu jeito

Tendências

Facebook escaneia todas as suas conversas no Messenger

14 de Abril de 2018

por: MKT Positivo

Você sabia que o Facebook escaneia as suas mensagens no Messenger? A confirmação foi feita pela própria empresa em entrevista ao site Bloomberg. Segundo a equipe de desenvolvimento da rede social, trata-se de uma medida adotada para prevenir que os usuários descumpram os termos de serviço.

A revelação, no entanto, não chega em um bom momento. O Facebook está envolvido em um grande escândalo nos Estados Unidos. Supostamente, dados de mais de 87 milhões de usuários norte-americanos foram parar nas mãos de empresas de análise de comportamento – e de posse dessas informações elas conseguiram influenciar o resultado das eleições no EUA em 2016.

®GIPHY

Invasão de privacidade?

“No Messenger, quando você envia uma foto, nossos sistemas automatizados a escaneam usando tecnologias de comparação de imagens para detectar, por exemplo, imagens que explorem pornografia infantil. Também escaneamos quando há envio de arquivos, em busca de vírus e malwares. Essas ferramentas foram criadas para detectar eventuais comportamentos abusivos em nossa plataforma”, destacou a empresa.

®AP IMAGENS

Em outras palavras, o Facebook utiliza ferramentas automáticas na maioria das vezes para ler as mensagens, mas alguns casos podem ser analisados por moderadores. Eles teriam, portanto, acesso irrestrito à leitura das suas mensagens, mas apenas para detectar violações. A empresa garante que não utiliza esses dados para a veiculação de publicidade, por exemplo.

Queda de credibilidade

As informações sobre os bastidores da rede social que têm chegado ao público nos últimos meses têm colaborado para manter o Facebook sob fogo cerrado. O fundador da empresa, Mark Zuckerberg, precisou ir ao senado e ao congresso norte-americano para dar explicações sobre o funcionamento da companhia.

®ALLIANCE/AP/A HARNIK

A plataforma vem sendo criticada não apenas pelo governo norte-americano, mas também por entidades de diversos países. Ela tem se mostrado falha na tarefa de proteger os dados pessoais dos usuários. Não se sabe com exatidão se outras redes sociais fazem o mesmo, mas isso coloca também sob suspeita ferramentas como o WhatsApp e o Instagram, ambas também pertencentes ao Facebook.

Será que você foi afetado?

O escândalo do Facebook com relação à obtenção dos dados dos usuários pela Cambridge Analytica afetou em sua maioria perfis norte-americanos, mas usuários brasileiros também foram atingidos pelo problema. Você pode checar se o seu nome também está nessa lista.

O Facebook afirmou que vai notificar todos os usuários que tiveram os seus dados vazados de forma imprópria, mas você pode se antecipar a isso e fazer a checagem. Para isso, acesse a página da Central de Ajuda e altere o idioma da plataforma para inglês. Depois, é só checar o texto “Was my information shared?” e verificar se você está na lista ou não.

Fonte(s): Gizmodo (ES)

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.