Positivo do seu jeito

Dicas

Como oferecer a infraestrutura ideal para o seu filho estudar em casa?

18 de Abril de 2020

por: MKT Positivo

Apesar de o ensino a distância ter crescido muito nos últimos anos, ele ainda é uma novidade para a grande maioria dos brasileiros. Quando falamos dos ensinos Fundamental e Médio, praticamente todos os estudantes têm aulas de maneira presencial.

Porém, as restrições impostas pela pandemia de coronavírus modificaram esse cenário. Com as aulas suspensas na maioria das escolas brasileiras, muitas instituições de ensino recorreram às aulas online como forma de manter os alunos em atividade.

Esse novo cenário tem gerado muitas dúvidas para os pais: como colaborar para que o seu filho tenha a melhor infraestrutura possível para estudar em casa? As possibilidades são inúmeras e tudo dependerá do tipo de atividade proposta pela escola. Porém, em linhas gerais, é possível pensar em um ambiente básico para o desenvolvimento educacional.

Como oferecer a infraestrutura ideal para o seu filho estudar em casa?

1. Ofereça um ambiente livre de distrações

O ideal é que o estudante tenha um cômodo apropriado para se dedicar aos estudos. Uma mesa e uma cadeira confortáveis e ergonômicas, além de um ambiente bem iluminado e ventilado, são os pré-requisitos básicos para assistir às aulas. Durante as transmissões, o computador ou tablet devem ficar ligados e com acesso à internet.

Se a tarefa não tiver relação direta com o uso de internet, o computador pode ser dispensado para que o aluno não caia na tentação de navegar “sem rumo” enquanto deveria estar estudando. É importante também não incomodar o estudante durante um horário pré-determinado.

2. Elabore um cronograma de estudos

Como oferecer a infraestrutura ideal para o seu filho estudar em casa?

Se a criança estuda pela manhã, certifique-se de que ela acordará no mesmo horário e que utilizará esse período para estudar. A mesma regra vale para os alunos do período vespertino.

A ideia é que o ensino a distância ocupe o mesmo espaço na vida do estudante e não se torne a única atividade dele durante o dia.

Como estarão em casa o tempo todo, é natural que eles queiram relaxar mais e deixar para fazer as tarefas “depois de se divertirem um pouco”. Não há problema algum em fazer isso, desde que exista um cronograma fixo com horários a serem cumpridos.

A criança não passará o dia inteiro estudando, mas ela deve cumprir a mesma carga horária em casa se houver atividades.

3. Respeite o espaço da criança

Como oferecer a infraestrutura ideal para o seu filho estudar em casa?

É muito comum que os pais estando em casa queiram participar um pouco mais do aprendizado da criança. Até certo ponto isso é bom, mas é preciso dar espaço para que ela desenvolva a sua individualidade.

Nada de fazer os exercícios por ela ou de tomar para si responsabilidades que o aluno é quem deve ter. Essa é uma regra de ouro!

Os pais podem atuar como supervisores das tarefas, conversando sobre elas, mas o momento de assistir às aulas, ler os livros e fazer as tarefas propostas deve ser aproveitado pelo aluno.

É nesse contexto que surgirão as dúvidas e haverá um desenvolvimento em termos educacionais, independentemente da idade.

4. Mantenha o espaço organizado

Todos os materiais que a criança precisa devem sempre estar à mão na hora de fazer as tarefas. A mesa deve permanecer livre, apenas com os materiais em uso no momento. Os demais itens devem ser guardados em seus devidos lugares.

Realize esse trabalho de organização junto com o seu filho e aproveite para dar a ele noções sobre a importância de um ambiente ordenado. Ah, e evite ao máximo fazer as tarefas na cama ou no sofá, pois isso desconcentra principalmente os pequenos.

O ideal é criar nelas o hábito de organizarem o espaço de estudo diariamente ao final das aulas. Isso ajuda a garantir que o local terá um aspecto diferente durante as aulas e no restante do dia, o que facilita o cérebro a compreender que se trata de dois momentos distintos de atividades, ainda que o ambiente seja o mesmo.

5. Não deixe que eles descuidem da alimentação

Passar a tarde inteira no quarto estudando não significa deixar de lado aspectos saudáveis que devem estar presentes na rotina de qualquer pessoa. Uma garrafinha de água por perto e um lanche no intervalo entre uma aula e outra também devem estar previstos na rotina da criança.

A cada uma hora, elas também devem se levantar, andar pelo quarto e realizar alguns alongamentos. Com o passar do tempo vamos ficando cansados e perdemos a concentração nos estudos.

Essas pausas ajudam o corpo a relaxar e nos permitem voltar renovados para uma nova etapa de tarefas. Incentive-os a transformar essas ações em hábitos.

***

Estar preparado para o ensino a distância é uma necessidade cada vez mais recorrente para alunos e professores. Ter um PC atualizado e adequado para acesso à internet e o uso de softwares com melhor desempenho é fundamental para obter produtividade e melhores resultados. Invista na sua qualificação e garanta mais agilidade nas suas aulas.