Positivo do seu jeito

Tecnologia

Conheça a tecnologia quântica que vai trazer HDs muito maiores no futuro

29 de Maio de 2019

por: MKT Positivo

Pesquisadores do Argonne National Laboratory, da Universidade de Oakland, nos Estados Unidos, e da Universidade de Fudan, na China, descobriram um novo nível quântico a ser explorado que dá aos engenheiros o poder de controlar as propriedades magnéticas de certos metais.

Os testes iniciais foram realizados com os mesmos tipos de materiais utilizados para o armazenamento de dados em HDs. O efeito quântico observado revelou a possibilidade de controlar certas qualidades do magnetismo girando elétrons de uma direção para outra.

tecnologia quântica
®GIPHY

Descoberta amplia possibilidades tecnológicas

De acordo com os cientistas, a descoberta abre as portas para formas de armazenamento e recuperação de dados mais rápidas, além da possibilidade de salvar grandes quantidades de informações em espaços mais reduzidos. Em entrevista ao site Phys, Axel Hoffman, um dos coautores do estudo, falou sobre o tema.

“Em termos técnicos nós descobrimos um efeito significativo do amortecimento magnético em nanoescala em camadas de liga de cobalto-ferro revestidas em um dos lados de um substrato de óxido de magnésio”, explica o cientista.

O amortecimento magnético é responsável por várias qualidades dos campos magnéticos e os engenheiros o utilizam para transformar ligas de metal em dispositivos de armazenamento, para conduzir motores magnéticos e operar outros tipos de mecanismos.

Com a descoberta da nova técnica, os cientistas acreditam que podem conseguir um salto significativo na habilidade de controlar campos magnéticos bem como a maneira como eles se relacionam com ligas de metal específicas.

O estudo, que pode ser lido neste link (em inglês), destaca ainda que “os resultados proporcionam novos insights com relação ao amortecimento magnético em ferromagnetos metálicos, o que é importante para otimizar propriedades dinâmicas do futuro dos dispositivos magnéticos”.

Por dentro da descoberta dos cientistas

O Spin é como massa ou carga, uma propriedade que todos os elétrons têm. Controlar esse componente da física quântica abre uma leque incalculável de possibilidades para engenheiros, químicos e físicos. Além do uso como um meio para controlar o magnetismo, o método se mostra promissor para a divisão de átomos de água, o que pode resultar na produção de combustíveis mais eficientes do ponto de vista energético, suprimindo-se o produto indesejado do peróxido de hidrogênio.

Independentemente do que venha a ser realizado a partir dessa descoberta, por si só ela já se mostra significativa, pois representa um avanço em relação a uma tecnologia relativamente antiga, como a utilizada nos discos rígidos, e que até hoje não encontrou substitutivos.

A expectativa dos cientistas envolvidos no projeto é que essas pesquisas os conduzam à criação de discos rígidos mais baratos, eficientes e rápidos. No entanto, os trabalhos não têm previsão de conclusão e não há ideia de quando esse tipo de técnica passará a ser empregada na indústria em larga escala para a produção de novos dispositivos.

Contudo, enquanto essa tecnologia não se torna acessível para o grande público, vale a pena acompanhar os resultados e os avanços da pesquisa que vem sendo conduzida por uma equipe internacional multidisciplinar.

Fonte(s): The Next Web e Phys