Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

notebook com ícones de informações pessoais e um ícone maior de cadeado

Como remover informações pessoais da Internet

Qualquer pessoa que utiliza a internet, seja para fins profissionais ou apenas entretenimento, lazer ou compras, precisa usar alguns de seus dados pessoais para realizar registros nas mais variadas plataformas, como redes sociais e e-commerces, por exemplo. Isso é necessário para que esses sites consigam ter a certeza que é realmente você que está desejando criar um cadastro ou utilizar suas plataformas.

Apesar de isso ser necessário, acaba criando um vestígio de informações pessoais que muitos não querem que sejam expostas para outros indivíduos, principalmente os criminosos digitais. Grande parte dos sites e plataformas de maior renome possuem sistemas robustos de segurança contra hackers e invasões, mas mesmo assim, todos estão sujeitos a sofrer alguma invasão, que pode deixar os dados de seus usuários e clientes expostos.

hacker com máscara do anonymous

Nesse sentido, nosso país tem sido um dos alvos preferidos desses agentes mal-intencionados. Um estudo da Akamai, empresa expert em proteção digital, mostrou que o Brasil teve mais de 3 bilhões de tentativas de roubos de credenciais somente em 2020.

Felizmente, algumas medidas podem ser tomadas para deixar suas informações pessoais menos expostas e conseguir navegar na web com maior tranquilidade. Confira logo abaixo como apagar boa parte dos seus dados online.

1. Exclua contas e cadastros que você não utiliza mais

Se você utiliza a internet há alguns anos, é muito provável que tenha realizado cadastros ou aberto contas em alguns sites, programas e demais plataformas que nem utiliza mais. Isso pode variar desde perfis em redes sociais que saíram de moda até cadastros em lojas.

Se você não utiliza mais essas contas, porque mantê-las por aí dando sopa? Uma boa maneira de reduzir as chances de seus dados serem obtidos ou divulgados sem o seu consentimento é diminuir as chances de hackers e empresas poderem encontrá-los.

Jerry Seinfeld usando um computador antigo

2. Limpar cookies e histórico de navegação na internet

Diversos sites e aplicativos utilizam cookies para rastrear as atividades de seus usuários ou visitantes, conseguindo dessa forma ter mais informações sobre essas pessoas. Por isso, realizar limpezas desses dados e do seu histórico de navegação é uma boa forma de limitar a coleta que esses cookies podem fazer sobre você.   

3. Pedido de remoção do Google

Diversos de seus dados pessoais podem estar circulando por aí graças a hackers que conseguiram obtê-los de forma ilegal sem que você saiba. Felizmente, há uma ferramenta que permite que os usuários do Google solicitem remoções de seus conteúdos no site de pesquisa. Apesar dela em muitos casos não garantir a remoção e fim da circulação dessas informações, ela pode limitar em muito o compartilhamento desses dados.

Ron Swanson jogando o computador na lixeira

4. Revise configurações de privacidade

Sabe aquelas políticas de privacidade que ninguém lê e já aceita na hora de criar uma nova conta em uma rede social ou site? Elas podem ser as responsáveis pelo fato de diversas informações suas estarem circulando por aí. Para mudar isso, você pode revisar essas políticas nas plataformas que você usa com mais frequência.

Em redes sociais, por exemplo, é possível rever as configurações de privacidade nos menus de segurança desses sites, com você podendo escolher o que as empresas por trás dessas redes podem coletar e monetizar em relação a você.

5. Remova os vendedores de dados

Alguns sites são especializados em encontrar informações pessoais e vendê-las para empresas que desejam aumentar sua clientela ou utilizar essas informações para a tomada de decisões. Entre os mais conhecidos, estão o Spokeo, White Pages e PeopleFinder. Em alguns casos, é possível que até mesmo o seu endereço esteja listado nesses sites. Por isso, uma boa medida é entrar nessas páginas e solicitar a remoção das suas informações.

6. Gerenciar a privacidade do seu smartphone

mulher removendo informações pessoais da internet pelo celular

Nossa última recomendação envolve diretamente o uso de smartphones, que estão cada vez mais sendo usados como fonte para a coleta de dados pessoais. Uma boa medida é acessar as configurações de seu aparelho e checar quais permissões estão habilitadas. Outra dica é deletar os apps que você não utiliza mais, pois assim você estará fechando possíveis portas que deixem suas informações pessoais visíveis.

Ao adotar essas medidas, você poderá navegar pela internet com muito mais tranquilidade sabendo que as chances de seus dados pessoais serem vazados ou usados sem o seu consentimento foram fortemente reduzidas. Para mais dicas de uso e segurança em relação a web, aplicativos, redes sociais e os principais sites da atualidade, acesse o nosso blog.

Fonte(s): 

CanalTech.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
mulher assistindo os lançamentos da Netflix e comendo pipoca

Confira os principais lançamentos da Netflix para agosto de 2022

210 imagens de frases para usar no status do WhatsApp

mulher segurando um smartphonee apontando para cima

Como descobrir se alguém tentou desbloquear seu celular? Veja 4 jeitos

bonequinho do Android em frente à uma tela cheia de códigos

Atualização corrige cinco falhas críticas no Android

notebook com ícones de informações pessoais e um ícone maior de cadeado

Como remover informações pessoais da Internet

mulher ouvindo música no Spotify com headphones

Como ouvir música juntos no Spotify

Inscreva-se na nossa

Newsletter