Positivo do seu jeito

Dicas

Privacidade: 5 formas de navegar na internet sem deixar rastros

29 de Março de 2020

por: MKT Positivo

Proteger a privacidade enquanto navega na internet é o desejo de muitas pessoas. Por mais que não estejam fazendo nada de errado, muitos não querem ter o seu histórico registrado e preferem o completo anonimato.

Há muitas formas de  navegar na internet sem deixar rastros. Algumas são mais eficientes do que outras. Porém, há muitas possibilidades que podem ser utilizadas nas mais diversas ocasiões. Nesse artigo, sugerimos cinco delas para você testar.

1. Acesse sites via navegação anônima

Praticamente todos os navegadores oferecem o recurso de navegação anônima. Trata-se de uma forma de acesso à internet na qual os dados de navegação não ficam registrados no histórico. Browsers como o Google Chrome e o Mozilla Firefox oferecem esse recurso de forma bastante simplificada.

Se por um lado você não é identificado pelos sites, por outro esse é um nível mais simples de privacidade. Como o seu IP de usuário permanece ativo, provedores de internet e serviços de vigilância podem localizá-lo com facilidade se você estiver fazendo alguma coisa errada.

2. Bloqueie rastreadores

Empresas como o Google ou Facebook utilizam a sua localização e as informações relacionadas aos sites que você acessa para traçar um “perfil” do seu usuário.

A partir das suas preferências e comportamentos, são exibidos anúncios que podem ser do seu interesse. Essa segmentação é um dado valioso para as empresas que fazem propaganda.

Se você quiser ter mais privacidade, é possível bloquear esse tipo de rastreamento. Alguns navegadores, como o Mozilla Firefox e o Opera, têm essa ferramenta embutida, o que facilita o bloqueio por parte dos usuários.

3. Utilize uma VPN

A forma mais simples de navegar sem deixar rastros é utilizar um software de VPN. VPN é uma sigla para “Virtual Private Network” ou “Rede Virtual Privada”. Isso faz com que os computadores ou smartphones não sejam registrados quando acessam uma página, uma vez que o registro e a origem são “únicos”.

Há vantagens e desvantagens de utilizar esse tipo de serviço. Elas permitem que você simule estar em outros países, por exemplo, e proporcionam mais privacidade. Em contrapartida, algumas delas podem tornar a conexão um pouco mais lenta.

4. Faça login com e-mails temporários

Em um artigo anterior nós explicamos “Como criar um endereço de e-mail temporário”. Ele pode muito bem servir para você fazer um cadastro em um serviço e, posteriormente, acessá-lo sem que ele o siga pela internet. Muitos cookies adicionados ao navegador são vinculados ao endereço de e-mail ao qual você está conectado.

É importante, porém, que você sempre tenha um e-mail válido para a recuperação das senhas. Caso contrário, será preciso criar outra conta. Essa é uma solução um pouco mais trabalhosa, mas funciona e evita que você receba muitos spams em sua caixa de entrada.

5. Utilize buscadores “limpos”

É inegável que serviços de busca como o Google ou o Bing estão entre os mais eficientes para você encontrar o que deseja. Entretanto, eles coletam os seus dados de pesquisa, ainda que você esteja em modo anônimo, cruzando dados de IP e marcando os navegadores com cookies.

Há algumas alternativas para fugir desse registro de informações. Buscadores como o DuckDuck Go são uma forma de evitar que esses dados sejam coletados. Além dele, o StartPage também é considerado uma opção segura e privada.

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.