Positivo do seu jeito

Estilo de Vida

® Shutterstock

7 dicas para deixar o passeio com seu pet ainda mais divertido

A hora do passeio é a mais esperada pelos pets. Veja algumas dicas para deixar esse momento ainda mais gostoso e divertido.

7 de setembro de 2017

por: Equipe Positivo

A hora do passeio pode não ser a mais agradável para você, mas com certeza é o momento do dia mais esperado pelo seu pet. É durante o passeio que ele tem contato com o mundo lá fora, pode explorar seus sentidos, desestressar, fazer as necessidades, conhecer outros animais e gastar toda a energia acumulada.

O que muita gente não sabe é que o passeio é essencial na rotina dos cães, e a falta dele pode resultar em problemas sérios de saúde como depressão, obesidade, artrite e hiperatividade. Um passeio ideal deve durar em média 30 minutos e ser feito no mínimo duas vezes ao dia, principalmente se o pet fica sozinho em casa por muito tempo.

Mas, além de fazer o passeio com o tempo e a periodicidade recomendada, ainda existem algumas formas de deixar este momento mais interessante e divertido tanto para você, quanto para o cachorro. A seguir daremos algumas dicas simples de atitudes que podem transformar um passeio rotineiro em um passeio muito mais funcional e de qualidade.

1. Sempre utilize a guia

Pet
® Shutterstock

Por mais comportado e obediente que seja o seu pet, usar guia e coleira é indispensável. Isso porque, a rua oferece diversos riscos envolvendo não só acidentes de trânsito, mas também com outros cachorros. Lembre-se que animais são imprevisíveis e eles não têm consciência dos perigos do mundo lá fora. Se o problema for a guia muito curta, em petshops existem modelos extensíveis que podem ser uma boa opção.

2. Cuide com os horários de passeio

Essa dica é principalmente para os dias quentes de verão. Evite sair com seu pet nos horários que o sol está mais quente (entre 11h e 15h) isso porque, além do calor, o asfalto costuma ficar muito quente e pode queimar a patinha do seu amigão. O ideal é ir pela manhã bem cedinho ou no cair da tarde.

3. Leve água e petiscos

Pet
® Shutterstock

Se o passeio for longo ou se você pretende ficar boa parte do dia na rua com seu pet, não se esqueça de levar uma bolsinha com água e alguns petiscos. Cachorros não costumam fazer grandes refeições fora de casa, por isso escolha snacks que sustentam ao mesmo tempo que sirvam de recompensa durante uma brincadeira ou comando.

4. Não se esqueça da sacolinha

Pet
® Shutterstock

Esta dica está entre o manual universal de boas práticas dos donos de cachorro. Deixar o cocô do seu pet na calçada é falta de educação, além de super anti-higiênico. Existem em petshops saquinhos especiais para juntar as fezes e eles vêm até com suporte para pendurar na coleira, desta forma você não corre o risco de esquecer ao sair de casa. Outra boa dica para não deixar passar batido é sempre colocar um saquinho amarrado na guia, assim não tem erro, só não vale deixar o cocô do seu cãozinho na calçada e correr o risco de receber algumas olhadas tortas.

5. Planeje os passeios

O passeio não precisa ser aquela coisa monótona e igual todos os dias. Que tal mudar de rota e dar uma diferenciada? Cães também enjoam de fazer as mesmas coisas. Use o Google Maps para encontrar na sua cidade locais diferentes para levar seu pet e planeje uma rota onde tenha alguma pracinha, parque ou espaço onde vocês possam brincar juntos, correr e relaxar. Mesmo que o tempo seja corrido, programe-se para fazer esses passeios diferentes pelo menos duas vezes na semana.

6. Combine passeio e exercício

Pet
® Shutterstock

Está sem tempo para se exercitar? Que tal unir o útil ao agradável e se movimentar enquanto passeia com seu pet? É só fazer as contas: se o ideal é passear duas vezes ao dia com 30min. cada passeio, o total é 1h. Ou seja, 1 hora de exercícios todos os dias. É claro que você não vai sair por aí correndo na velocidade da luz com o seu cachorro, até porque antes de mais nada é preciso se certificar que seu pet tem condições de acompanhar essa rotina. Mas o que dá para fazer é se alongar, fazer uns agachamentos e até correr atrás do seu pet uns minutinhos como forma de brincadeira. Instale alguns aplicativos de exercícios no seu celular e faça o teste ;).

7. Deixe seu pet “conversar”

O contato com outros cães é importante para desenvolver a habilidade social dos seu pet. Mesmo que ele conviva direto com você e com a sua família o seu cão precisa de outros cães. Por isso, quando estiver passeando com ele e avistar outro, deixe-o se aproximar e “conversar”. Quando eles se cheiram pode parecer nojento, mas na verdade é assim que cães trocam informações e ativam seus instintos. Só tome cuidado: antes de deixar seu cão próximo de outros cães, observe se o cachorro não é agressivo, se está bem preso na guia e se o dono está com tempo e favorável para socializar.

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.