Google Meet: como “levantar a mão” e pedir a vez durante reuniões

As videoconferências online se tornaram o “novo normal” durante a pandemia. Embora elas sejam uma alternativa viável para a grande maioria das ocasiões, ainda há alguns pequenos detalhes que se mostram irritantes durante as transmissões.

Um deles é o gesto de pedir a vez para falar. Quando estamos em uma reunião presencial, um simples aceno de cabeça ou levantar a mão é suficiente para que quem está com a palavra saiba que você gostaria de fazer um comentário ou falar na sequência. E em conversas online, como fazer isso sem cortar o áudio de quem está falando?

O serviço Microsoft Teams encontrou a solução: incluir um botão que permite que quem está falando receba uma notificação informando que mais alguém falar. Essa ferramenta acaba de ser incorporada também às reuniões do Google Meet.

Como “levantar a mão” e pedir a vez durante reuniões

O Google batizou o novo recurso de “levantar a mão” e a forma de funcionamento é extremamente simples.

Passo 1. Durante uma videoconferência, quando alguém estiver falando, clique no botão “Levantar a mão”, disponível na barra de ferramentas.

Passo 2. Se você mudar de ideia antes de ter a palavra, basta clicar novamente no botão para que o alerta seja cancelado.

Para o Google, o recurso será mais bem aproveitado em reuniões com maior número de pessoas. “Em reuniões grandes, isso ajuda a aumentar a participação sem interromper o fluxo da conversa e ajuda a evitar que as pessoas interrompam umas às outras”, destacou a empresa em comunicado oficial.

O administrador da chamada tem acesso ainda a alguns controles extras da função. Por exemplo, é possível habilitar a fala dos participantes seguindo a ordem cronológica de pedidos. Outra possibilidade é a de abaixar a mão de um dos solicitantes, negando o pedido de palavra se assim desejar.

A pessoa que agenda ou inicia a reunião é o moderador por padrão. Só pode haver um moderador por reunião. Se você transferir ou marcar uma reunião na agenda de outra pessoa, ela passará a ser o moderador.

É importante lembrar ainda que a função está sendo liberada primeiramente para os assinantes do Google Workspace e do G Suite, com exceção dos planos Workspace Business Starter e G Suite Basic. Esses são os planos contemplados inicialmente pelo recurso: G Suite Business Essentials, G Suite for Education, G Suite Enterprise for Education, Business Standard, Business Plus, Enterprise Essentials, Enterprise Standard e Enterprise Plus.

Os demais usuários receberão o recurso posteriormente, mas uma data oficial não foi revelada. O recurso foi incorporado à ferramenta como um todo e, por essa razão, também está disponível na versão mobile do serviço. As funcionalidades são exatamente as mesmas no Android e forma de ativação da ferramenta, idem.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
Mulher deitada no sofá assistindo os lançamentos da Netflix em seu tablet.

Confira os principais lançamentos da Netflix para Abril de 2024

Imagem em 3D de uma mulher em pé utilizando novas tecnologias de realidade aumentada para trabalhar.

Como as tecnologias emergentes impactam o mercado

Robô desenhando fazendo alusão à criação de imagens por meio de Inteligência Artificial.

Guia prático para criar imagens no ChatGPT

Garota sorrindo e piscando um olho enquanto aponta para a câmera de um jeito divertido, como quem está dando uma dica.

6 extensões úteis para usar no Google Drive

Bateria carregada em 3D.

Indicador de saúde da bateria pode chegar ao Android

Mulher contando segredo sobre os mitos da tecnolgia que todo mundo já caiu.

6 mitos sobre tecnologia que muita gente já caiu

Inscreva-se na nossa

Newsletter


    Ao clicar em “enviar” a Positivo Tecnologia tratará os seus dados de acordo com a Política de Privacidade e Cookies.