Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

WhatsApp: veja como conversar com o robô da OMS em português

A pandemia de coronavírus está causando mudanças drásticas no nosso estilo de vida. Dia após dia, enquanto o número de casos não para de crescer, organizações internacionais, governos e empresas buscam soluções para facilitar a vida da população.

A mais recente novidade no combate à Covid-19 é uma criação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Trata-se de um chatbot integrado ao WhatsApp que oferece informações sobre o combate ao vírus. Neste artigo, vamos aprender como utilizá-lo e descobrir que tipo de informação é possível obter conversando com ele.

Como conversar com o robô da OMS no WhatsApp?

Para interagir com o robô da Organização Mundial de Saúde no WhatsApp é simples. Basta adicionar um número de telefone à sua agenda de contatos ou clicar neste link.

Passo 1. Adicione o número +41 22 501-7735 na sua agenda de contatos do telefone.

Passo 2. Depois, abra o WhatsApp e inicie uma conversa com o contato. Basta mandar um “oi”.

Se você preferir, é possível acessar o conteúdo também a partir de uma URL.

Passo 1. Clique neste link para iniciar uma conversa no WhatsApp.

Passo 2. Em seguida, você será direcionado para uma tela perguntando se deseja abrir o conteúdo no WhastApp.

Passo 3 Escolha “Abrir” e inicie uma conversa. Basta mandar um “oi”.

Quais informações o robô da OMS oferece no WhatsApp?

Uma vez que a conversa tenha sido iniciada, o robô retornará o seu “oi” com uma mensagem padrão. Trata-se de um menu no qual você pode escolher pelo número ou pelo emoji correspondente que tipo de informação deseja obter.

Bem-vindos à Organização Mundial da Saúde

Fique por dentro das informações e orientações da OMS relacionadas ao atual surto da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19). 

O que você gostaria de saber sobre o novo coronavírus?

Responda com um número (ou emoji) a qualquer momento para obter as informações mais recentes sobre os tópicos:

  • – Números atualizados
  • – Proteja-se
  • – Perguntas e respostas❓
  • – Fato ou fake?
  • – Orientações para viagens ️
  • – Notícias
  • – Compartilhar ⏩
  • – Doar agora
  • – Mude a língua

Conforme a sua escolha, o robô retorna com a resposta correspondente. É importante ressaltar que estas são informações oficiais, válidas para todos os países. Se você tiver dúvidas sobre um determinado assunto, é muito importante checar antes se há alguma comprovação científica do fato. Evite propagar mensagens que não correspondem à realidade.

Um exemplo: se você digitar a opção 4, terá acesso a um resumo chamado “fato ou fake”, que indica se algumas informações são verdadeiras ou falsas. A lista é atualizada constantemente. Aqui vai um resumo dos dados relacionados ao coronavírus.

  • – Pessoas de todas as idades PODEM ser infectadas pelo coronavírus. Pessoas idosas e com condições médicas pré-existentes (como doenças respiratórias, diabetes e doenças cardiovasculares) aparentam ser mais vulneráveis a desenvolver um quadro mais grave da doença. 
  • – Clima frio e neve NÃO matam o novo coronavírus.
  • – O novo coronavírus PODE ser transmitido em áreas de clima quente e úmido.
  • – O novo coronavírus NÃO é transmitido por picadas de mosquito.
  • – NÃO há evidências de que animais de estimação, como cães e gatos, possam transmitir o novo coronavírus.
  • – Tomar banhos quentes NÃO previne contra o novo coronavírus.
  • – Secadores de mãos NÃO são eficazes em matar o novo coronavírus.
  • – Luz ultravioleta NÃO deve ser usada para esterilização e pode causar irritação na pele.
  • – Scanners térmicos PODEM indicar se as pessoas estão com febre, mas NÃO podem detectar se alguém tem coronavírus.
  • – Passar álcool ou cloro em todo o corpo NÃO matará os vírus que já entraram no corpo.
  • – As vacinas contra pneumonia, como a vacina pneumocócica e a vacina contra Haemophilus influenzae tipo b (Hib), NÃO oferecem proteção contra o novo coronavírus.
  • – NÃO há evidências de que lavar o nariz regularmente com soro fisiológico proteja as pessoas contra a infecção pelo novo coronavírus.
  • – Alho faz bem para a saúde, mas NÃO há evidências de que comer alho tenha protegido as pessoas do novo coronavírus durante o surto atual.
  • – Antibióticos NÃO agem contra os vírus e são eficazes somente contra bactérias.
  • – Até o momento, NÃO existe nenhum medicamento específico e recomendado na prevenção e no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus.

O serviço está disponível 24 horas por dia e pode ser consultado quantas vezes você quiser. Use e abuse dessas informações para se proteger e evitar a propagação do coronavírus.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
lancamentos-netflix-junho-2022

Veja os principais lançamentos da Netflix para junho de 2022

celular com logo do corinthians em cima da mesa

Universo SCCP: conheça o novo app oficial do Corinthians com benefícios para torcedores

menina gamer gravando tela do pc

Windows 11: como gravar a tela do PC de forma simples

lupa apontando para o logo do google representando pesquisa

Você poderá fazer buscas no Google de coisas que não sabe como descrever

planeta AB Aur B

Exoplaneta 9 vezes maior do que Júpiter é descoberto

mulher-sentada-em-escada-usando-wifi-nos-postes

Rio de Janeiro terá postes com Wi-Fi 6E

Inscreva-se na nossa

Newsletter