Você sabia que o ruído de equipamentos no ambiente corporativo pode interferir tanto no trabalho que existem regulamentações e normas específicas sobre o assunto?

Um exemplo disso é a norma ISO 9296. Neste post, vamos explicar o que ela diz, quais são as consequências de não prestar atenção nesse certificado e, por fim, o que você pode fazer para minimizar o problema na sua empresa. Confira!

O que é a norma ISO 9296?

A ISO 9296, com última atualização em 2017, é uma norma da organização internacional de padrões voltada para a declaração de emissão de ruídos em equipamentos de tecnologia da informação e telecomunicações.

Nesse caso, as empresas fabricantes de hardware submetem seus produtos a uma avaliação seguindo os parâmetros definidos em outro padrão, a ISO 7779. É feita a medição do barulho produzido e o resultado é analisado para a aplicação ou não do selo de qualidade.

Existe alguma lei que regula o limite de ruído acústico no trabalho?

Além de se preocupar com os níveis de ruído recomendados pela ISO 9296, entender as normas trabalhistas brasileiras ajuda o gestor de TI a reconfigurar sua estrutura e buscar resultados mais satisfatórios para o seu ambiente de trabalho.

A NR-15 determina alguns limites de tolerância baseados no tempo de exposição ao ruído. Esses limites são seguros à saúde sem prejudicar usuários ou a própria produtividade da empresa.

No caso de barulhos contínuos ou intermitentes, a regra mais comum é: 85dB para jornadas de 8 horas. Esse limite pode ser maior quando o tempo de exposição é menor, mas manter os níveis abaixo desse valor é o ideal como meta para a TI.

Quais podem ser as consequências do excesso de ruído para o ambiente de trabalho?

Quando pensamos em ruídos altos, contínuos e prolongados, imediatamente pensamos nas consequências para a audição dos trabalhadores. Mas existem alguns outros pontos que também devem ser levados em conta na hora de aplicar a ISO 9296. Veja a seguir quais são eles.

Questões de saúde

Surdez parcial é o problema de saúde mais comum associado à exposição constante a barulhos muito altos. Mas há outras questões que colocam em risco a sua equipe e os seus colegas de trabalho.

Um ambiente ruidoso causa sintomas físicos como dores de cabeça crônicas e dores musculares gerais devido ao tensionamento provocado pelo estresse.

E esse mesmo estresse pode partir de condições psicológicas (principalmente ansiedade e fadiga mental) para riscos mais graves, como problemas de pressão, abuso de medicamentos e maus hábitos alimentares associados ao desconforto.

Comprometimento da comunicação

Além dos riscos à saúde dos funcionários, pouca gente pensa que ruídos muito altos podem ser também um problema para a empresa. Por exemplo: é mais difícil se comunicar em um ambiente barulhento. A sinergia da equipe é comprometida e isso cria uma brecha para erros, falhas e retrabalhos.

Diminuição da produtividade

Principalmente na questão produtiva do problema, todas as consequências que levantamos sobre a saúde dos colaboradores, aliadas à dificuldade em se comunicarem, resultam em uma empresa menos produtiva.

Quem está dentro de um escritório que ignora os limites definidos pela ISO 9296 tem dificuldades de raciocínio em longos períodos de tempo e precisa de pausas maiores e mais frequentes durante o turno de trabalho para aliviar os sintomas.

Quando isso acontece com 10, 20, 50 funcionários, é quase impossível manter a eficiência necessária para ser competitivo no cenário de mercado atual.

Como diminuir os ruídos dentro do escritório?

Então, é hora de resolver esse problema! Você pode começar usando aparelhos especializados para a medição de ruídos acústicos. Se o valor está mais alto do que o recomendado, você pode tentar as dicas a seguir para minimizar o barulho.

Distribua melhor os equipamentos

Muitas vezes a empresa conta com equipamentos que, sozinhos, não são tão ruidosos, mas a disposição deles dentro de um ambiente pode potencializar esse barulho.

Tente distribuir melhor o hardware da empresa em cômodos e salas separadas. Evitar seguinte cenário, muito comum em departamentos de TI: ter todos os equipamentos juntos em uma sala pequena.

Isole equipamentos potencialmente ruidosos

Alguns hardwares são barulhentos mesmo com todas as preocupações com normas regulamentadoras — este é o caso de servidores e data centers.

Portanto, se a empresa necessita ter muitos desses, é bom planejar junto à diretoria um espaço exclusivo para eles dentro da empresa: uma sala separada com algum isolamento acústico.

Com um cronograma bem-estruturado de uso desses equipamentos, você pode ter um ambiente ruidoso que precise ser acessado apenas por curtos períodos de tempo.

Crie um programa de manutenção periódica

Mesmo que um hardware seja silencioso na hora da compra, isso não significa que ele será assim para sempre. Um dos grandes motivos para o aumento de ruído acústico em escritórios é a falta de manutenção periódica dessas máquinas.

Por isso, crie um calendário que simplifique o conserto e a limpeza, em uma escala alternada. Sem gastar muito tempo de uma vez, você impede que equipamentos se tornem mais ruidosos e ainda aumenta sua vida útil.

Invista em equipamentos certificados em ISO 9296

Deixamos por último a dica mais óbvia porque ela é também a mais eficiente: quando for fazer sua próxima atualização de hardware para a TI, invista em produtos que tenham o selo ISO 9296.

Essa certificação não existe à toa, ela é uma forma de facilitar o controle de qualidade na fabricação e dar tranquilidade ao cliente na hora da compra. Ou seja, buscar esse selo não é só uma garantia de menos ruídos na empresa, mas a certeza de que aquele fornecedor se preocupa com a eficiência e o bem-estar de profissionais em todas as áreas.

Afinal, conhecer a ISO 9296 e buscar reduzir os níveis de ruído acústico no ambiente de trabalho é se importar com a saúde de colegas de trabalho e com a produtividade da empresa como um todo. Planeje agora mesmo a sua avaliação, entenda os maiores vilões na sua infraestrutura e comece a corrigir cada um desses problemas.

E aí, ficou alguma dúvida sobre o assunto? Tem alguma situação ruidosa na sua empresa que está difícil de solucionar? Então deixe aqui embaixo o seu comentário!

Escreva um comentário

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.

Share This