Positivo do seu jeito

Dicas

Como descobrir se o disco rígido (HD) está com problema

12 de Fevereiro de 2020

por: MKT Positivo

Você sabe como descobrir se o HD está com problema? Saber executar os testes de diagnóstico corretos pode poupar um bom dinheiro. Muitas vezes, é possível resolver problemas com o disco rígido sem necessariamente ter que trocar a dispositivo.

Porém, para isso você terá que dedicar alguns minutos para fazer as devidas verificações. Falhas no disco rígido são cada vez menos comuns nos modelos atuais, e testes de diagnóstico podem ajudá-lo a identificar e reparar problemas. Neste artigo vamos descobrir algumas maneiras de fazer isso.

Problemas no HD: sintomas mais comuns

Lentidão no carregamento de arquivos e aplicativos é o sintoma mais comum. Obviamente, quando o espaço em disco ocupado está próximo do limite de armazenamento, é mais comum que problemas como esse ocorram. Apagar arquivos desnecessários é a primeira medida a ser tomada e pode resolver, mas se isso não der certo esse pode ser um sinal de alerta.

Eventualmente, em casos mais drásticos, arquivos podem ser corrompidos. Por se tratar de um dispositivo mecânico, estalos podem ser percebidos em algum momento se as coisas não estiverem indo bem. Se qualquer um desses sintomas já faz parte do seu dia a dia, então é hora de executar testes para descobrir a real dimensão do problema.

Utilize o Chkdsk

O primeiro teste a ser realizado não requer o download de nenhum aplicativo. Basta utilizar a ferramenta Chkdsk, nativa do Windows, para fazer uma verificação.

Passo 1. Abra o Explorador de Arquivos.

Passo 2. Clique com o botão direito do mouse sobre o drive em questão e escolha “Propriedades”.

Passo 3. Escolha “Ferramentas” e, na opção “Checagem de erros”, clique em “Checar”.

Caso algum problema seja constatado, o Windows o informará por meio da  ferramenta Windows Event Viewer. Eventuais bugs encontrados passíveis de serem corrigidos serão arrumados automaticamente.

Amplie os testes com o HDDScan

Em um segundo momento você pode recorrer ao aplicativo HDDScan para checar mais a fundo se há problemas mais graves para resolver. Por meio de relatórios SMART (acrônimo para Self-Monitoring, Analysis, and Reporting Technology) ele indica o que está funcionando ou não. Nos relatórios, os pontos verdes indicam bom funcionamento, os vermelhos indicam problemas.

Passo 1. Baixe e instale o aplicativo HDDScan.

Passo 2. Execute a verificação e aguarde o resultado. Importante: durante a execução da verificação, não utilize o PC.

HDTune: diagnóstico em tempo real

Por fim, outra ferramenta complementar que você pode baixar é o HDTune. O aplicativo é pago, mas conta com uma versão gratuita com menos recursos. Eles são suficientes para que você consiga checar em tempo real o status de funcionamento do seu HD por meio de gráficos.

Por meio dele é possível perceber se a velocidade na transferência de dados está dentro da média ou não. Se o disco rígido estiver com mau funcionamento, e um dos sintomas for o de lentidão, então é possível que a taxa média de transferência de dados esteja em níveis muito baixos.

Trocar ou não o disco rígido?

Depois de executar todos os testes e diagnósticos possíveis você terá um veredicto. Pode ser que o problema seja menos grave e a simples formatação do disco rígido resolva a situação. Em muitos casos, liberar espaço de armazenamento também ajuda o HD a ter um desempenho melhor.

Depois de todas essas etapas, se os problemas persistirem e as ferramentas de diagnóstico continuarem apontando que há alguma coisa errada, então o melhor a se fazer é considerar a troca do disco rígido. O mais importante, entretanto, é que desde o primeiro momento você certifique-se de salvar os seus dados.

Fonte: LifeHacker

CADASTRE-SE PARA FICAR POR
DENTRO DAS NOVIDADES DA POSITIVO.