Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Professor: como se manter atualizado com as novas tecnologias durante a pandemia

A pandemia do coronavírus pegou todo mundo de surpresa. Empresas do mundo inteiro se viram forçadas a adotar regimes de trabalho remoto, tendo que desenvolver soluções comunicacionais que permitissem a continuidade de suas atividades. Mais impactado ainda foi o universo da educação, com milhões de alunos e professores diante de um cenário no mínimo sombrio, sem perspectiva do retorno às pesquisas e atividades em sala de aula.

Esse contexto tem exigido cada vez mais dos profissionais de educação. Além das atividades rotineiras, os docentes ainda precisam lidar com toda a migração dos conteúdos e métodos de ensino para a modalidade de ensino à distância (EaD), algo que demanda flexibilidade, resiliência e dedicação a novos aprendizados.
Outro ponto fundamental para essa migração é estar atualizado com todas as novas tecnologias disponíveis. Aparelhos como smartphones, tablets e notebooks devem ser encarados como poderosos aliados para as aulas online. Por isso, hoje mostraremos como professores podem se atualizar em relação a esses temas, algo que possibilitará lecionar pela internet com muito mais facilidade.

Cursos para aprender as tecnologias durante a pandemia

Segundo dados reportados pela Revista Educação, mais de 50% dos professores que atuam hoje no mercado de trabalho não tiveram nenhuma disciplina voltada ao uso do computador e da internet em seus cursos de graduação. A mesma pesquisa ainda aponta que 70% desses profissionais não buscaram formação continuada no ano anterior, revelando uma carência muito grande de treinamento e cursos voltados à aplicação tecnológica.
Felizmente, hoje há diversos portais que oferecem conteúdos sobre educação online e o uso dos computadores para o ensino. Um excelente exemplo é o portal ENAP (Escola Nacional da Administração Pública), que traz uma série de cursos online de início imediato. Alguns dos temas disponíveis são:

    • <li” aria-level=”1″>-

Teletrabalho e Educação à distância
<li” aria-level=”1″>- Inovações em Tecnologia Educacional
<li” aria-level=”1″>- Criatividade e Novas Tecnologias no Serviço Público
<li” aria-level=”1″>- Novas Tecnologias para a Transformação Digital
Esses cursos variam entre 8 e 60 horas na plataforma do ENAP, são completamente gratuitos e ainda oferecem um certificado digital.

Uma plataforma, todos os cursos

Outra plataforma muito interessante é a Udemy. Ela tem milhares de cursos gratuitos e pagos sobre os mais variados temas. O destaque é uma área especial para treinamento de professores, que reúne cursos como fundamentos da didática online, criação de atividades digitais interativas, aplicação de jogos na educação e o uso de softwares como Canva e Socrative para aprimorar as aulas remotas.
Apesar de a maior parte desses cursos ser paga, sempre há promoções que permitem adquiri-los por um preço bem acessível. Vale destacar que os cursos da Udemy podem ser vistos a qualquer tempo, no seu ritmo. Há ainda apps para as principais plataformas mobile, como o Android, facilitando o estudo mesmo longe do PC.

Diretamente da Google, para os professores

Uma das empresas que mais investe em ferramentas de educação online é a Google. Por isso, é natural que ela ofereça cursos de capacitação voltados à formação inicial e continuada dos professores atuando no ambiente online.
Você pode acessar a página de treinamentos do Google clicando neste link. Os cursos abrangem desde o básico no que diz respeito ao ensino online até conceitos e ferramentas avançadas da plataforma Google para a Educação. Alguns exemplos de cursos são:

    • <li” aria-level=”1″>-

Use as ferramentas do Google no ensino a distância
<li” aria-level=”1″>- Conceitos básicos do Google Workspace for Education
<li” aria-level=”1″>- Treinamento avançado do Google Workspace for Education
A duração dos cursos varia entre 1 e 15 horas, com materiais interativos e guias das principais ferramentas e plataformas da empresa para o ensino.
Falando em Google, o YouTube sempre é uma ótima fonte de conteúdos. Uma rápida busca pela plataforma levará você aos mais diferentes tutoriais, com dicas até mesmo de como preparar o setup para dar aulas online.

Bom para você. Melhor para os alunos!

O ambiente virtual de ensino exige ainda mais do docente, que precisa conhecer as tecnologias disponíveis e utilizá-las com proficiência, buscando proporcionar um padrão elevado de ensino, mesmo que à distância.
A dica para o professor que deseja se manter atualizado é investir em bons equipamentos. Aqui se destacam notebooks equipados com boas câmeras e poder de processamento, microfones dedicados ou headsets com boa captação sonora (essenciais para que os alunos escutem sua voz com clareza), além de uma excelente conexão com a internet, que seja capaz de aguentar o streaming do vídeo sem engasgos.
Os maiores beneficiários disso serão os alunos, que assistirão às aulas sem interrupções e problemas de ordem técnica (muitas vezes apontados como alguns dos maiores desestimulantes do ensino à distância).

Smartphone: um aliado essencial para as suas aulas

Outra ferramenta que você tem disponível é o smartphone. Atualmente há inúmeros apps gratuitos voltados para o ambiente educacional. Opções como o Google Classroom e o ClassDojo servem para estruturar todo o ambiente virtual de ensino, enquanto ferramentas como o Kahoot! permitem realizar atividades dinâmicas e divertidas com a turma.
Você pode ler mais sobre o uso dos smartphones e dos apps no ensino clicando nos links abaixo:

    • <li” aria-level=”1″>-

25 apps para Android que todo professor deveria conhecer
<li” aria-level=”1″>- Google Classroom: o que é e como funciona a sala de aula virtual do Google
<li” aria-level=”1″>- Microsoft Whiteboard: como transformar seu PC ou tablet em uma lousa digital
<li” aria-level=”1″>- 5 melhores editores de vídeo gratuitos para professores

Sempre por dentro das novidades

Depois de passar por todos os sites e ferramentas que listamos até aqui, você terá muito material em mãos para estudar. Uma última dica antes de encerrarmos é: esteja sempre atento às redes sociais. Entenda como elas funcionam e como as pessoas interagem nelas.
A realidade é que as redes sociais hoje são muito mais do que um meio de entretenimento. Pessoas discutem ali os eventos mais importantes de suas vidas, revelando temas que podem ser abordados com um viés crítico e educacional durante as aulas online.
E para professores que querem se manter atualizados, opções como o LinkedIn são voltadas a profissionais. Por isso, lá você sempre encontrará boas referências de cursos, oportunidades e comentários sobre as novidades tecnológicas que estão impactando o universo educacional.
Agora, é só começar!

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
lancamentos-netflix-dezembro-2021

Veja os principais lançamentos da Netflix para dezembro de 2021

o-que-e-metaverso

O que é metaverso e por que as grandes empresas de tecnologia estão investindo nisso?

Positivo é uma das marcas mais lembradas no Folha Top of Mind

Positivo é uma das marcas mais lembradas no Folha Top of Mind

rg-online-rio-de-janeiro-como-fazer

Identidade Digital: como fazer o RG online no Rio de Janeiro

OneDrive deixará de funcionar no Windows 7, Windows 8 e Windows 8.1

OneDrive deixará de funcionar no Windows 7, Windows 8 e Windows 8.1

black-friday-dicas-evitar-golpes

Black Friday: 8 dicas para evitar golpes em compras online

Inscreva-se na nossa

Newsletter