Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

mulheres com óculos de realidade virtual explorando o metaverso

Imortal e digital: empresa quer manter pessoas vivas para sempre no metaverso

Você alguma vez já desejou ser imortal ou que as pessoas que você mais ama vivessem para sempre? Quem nunca, não é mesmo? Com os avanços tecnológicos e médicos, a humanidade tem experimentado um grande salto em sua expectativa de vida, que deve aumentar ainda mais nas próximas décadas.

Tudo indica, no entanto, que viver para sempre continuará sendo apenas um sonho. Mas, um sonho possível no metaverso. A Somnium Space, empresa especializada em realidade virtual, possui um projeto ambicioso para isso.

gif representação do metaverso

Ela está desenvolvendo o “Live Forever”, que traduzido do inglês significa “viver para sempre”. Basicamente, a iniciativa visa coletar o máximo de dados possíveis de um indivíduo, como características físicas, gostos, expressões e até mesmo a sua voz, para criar uma versão digital dele, que estará “viva” mesmo após a sua partida.

O projeto possui como foco atender os desejos dos indivíduos de se relacionar com aqueles que já faleceram. Em entrevista à Vice, o presidente da empresa, Artur Sychov, comenta que essa ideia surgiu após o seu pai ser diagnosticado com um câncer terminal.

O empresário não queria que seus filhos pequenos tivessem poucos momentos juntos com o avô, por isso decidiu criar uma versão digital dele para as crianças terem contato. Graças ao metaverso, isso pode agora se tornar possível. Vamos saber mais sobre esta tecnologia e como você pode ter uma versão imortal e digital sua.

O que é metaverso?

O metaverso passou a ficar em alta no final de outubro do ano passado, quando Mark Zuckerberg anunciou que sua companhia Facebook mudaria de nome para Meta como forma de mostrar qual será o seu foco para os próximos anos.

No entanto, essa tecnologia tem sido estudada e desenvolvida há muito tempo. Este termo foi apresentado pela primeira vez na década de 1990 no romance “Snow Crash”, de Neal Stepherson. Na obra, ele se refere a uma realidade virtual desenvolvida na internet, onde as pessoas utilizam avatares para interagir com o ambiente e com os demais indivíduos inseridos dentro dele.

Na vida real, a ideia é basicamente a mesma. Metaverso é um conceito de uma plataforma virtual onde as pessoas poderão consumir produtos e serviços, se encontrarem com seus amigos e até mesmo trabalhar.

gif nathan da serie upload dizendo isso é ótimo em inglês

Hoje em dia isso pode parecer obra de ficção. Mas a humanidade tem caminhado cada vez mais para isso. Músicos do mais alto escalão já realizam shows em plataformas de jogo como o Fortnite, enquanto empresas já realizam algumas de suas reuniões nestes ambientes de realidade virtual, não usando mais programas como o Zoom ou Google Meet.  

Para se ter uma ideia do quão avançado este segmento já está, alguns terrenos de metaverso estão sendo vendidos por valores mais altos do que terrenos da vida real. A tendência é que esta tecnologia avance e se torne cada vez mais utilizável no nosso dia a dia.

Segundo Sychov e Somnium Space, são nesses ambientes de realidade virtual que as pessoas poderão viver para sempre.

Como a Somnium Space pretende imortalizar as pessoas

Através de um software de inteligência artificial, a Somnium Space consegue coletar inúmeras informações sobre um indivíduo, desde traços físicos até o seu comportamento e temperamento. De acordo com o líder da empresa, é possível dessa forma registrar até 300 vezes mais informações do que o captado em uma ligação de voz.

Esses dados são então registrados no “Live Forever”, que cria um avatar dessa pessoa. A plataforma de metaverso da empresa é compatível com os principais headsets e óculos de realidade virtual da atualidade. Para melhorar ainda mais a experiência de seus usuários, a Somnium Space está desenvolvendo um traje sensível ao toque, em parceria com a Teslasuit.

gif homens jogando videogame com óculos de realidade virtual

A empresa ainda destaca que todos aqueles que desejam criar um avatar em sua plataforma poderão apagá-lo na hora que desejarem. Assim, sua representação digital só será imortal se você quiser. Sychov ainda garante que nenhum dado ou informação dos indivíduos é divulgada ou vendida para outras empresas, e que o seu projeto não visa o lucro, mas sim a chance de haver comunicação com aqueles que já faleceram.

Fascinante, não é mesmo? Para ter mais informações sobre o metaverso e sobre as demais tecnologias que estão e irão revolucionar o mundo, acesse o nosso blog.

Fonte(s):

Mundo Conectado e Idwall.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
lancamentos-netflix-junho-2022

Veja os principais lançamentos da Netflix para junho de 2022

celular com logo do corinthians em cima da mesa

Universo SCCP: conheça o novo app oficial do Corinthians com benefícios para torcedores

menina gamer gravando tela do pc

Windows 11: como gravar a tela do PC de forma simples

lupa apontando para o logo do google representando pesquisa

Você poderá fazer buscas no Google de coisas que não sabe como descrever

planeta AB Aur B

Exoplaneta 9 vezes maior do que Júpiter é descoberto

mulher-sentada-em-escada-usando-wifi-nos-postes

Rio de Janeiro terá postes com Wi-Fi 6E

Inscreva-se na nossa

Newsletter