Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

cabo-conectado-no-hub

Hub ou Switch: o que é, para que serve, quais as diferenças entre eles e como escolher o seu

Responda rapidamente: caso você precise criar uma rede local segura para transmitir dados e arquivos entre computadores, seja na sua casa ou no seu escritório, qual a melhor opção? Um Hub ou um Switch?

Se você não sabe a resposta, não se preocupe. É comum as pessoas que não trabalham diretamente com informática não saberem muitos detalhes destes dois aparelhos, podendo até mesmo achar que um é sinônimo do outro.

Apesar de ambos serem usados na transmissão de dados, saber as principais diferenças entre eles é essencial para escolher o modelo correto. Vale lembrar que isso pode garantir a segurança dos seus dados e informações, algo essencial especialmente em um ambiente empresarial.

A boa notícia é que não é preciso ser um profissional ou grande conhecedor da área de TI e redes para ter esse conhecimento. Basta apenas seguir com este artigo que preparamos para você!

Cuidado para não confundir equipamentos

Além de achar que Hubs e Switchs são o mesmo equipamento, muitos usuários acabam cometendo o erro de confundir esses dispositivos com roteadores e modens.

Enquanto um roteador atua como um intermediador, permitindo a troca de informações em redes separadas, o modem, como seu próprio nome diz, modula um sinal digital, conseguindo estabelecer uma comunicação entre dois pontos.

Apesar de existirem equipamentos modernos capazes de atuar simultaneamente como Switch, modem e roteador, é preciso estar atento para comprar o produto correto para as suas necessidades. Se você deseja estabelecer uma boa rede local, Hubs e Switchs são os produtos ideais.

Entendendo o que é um Hub

O Hub está há anos no mercado, sendo um dos primeiros equipamentos adotados por empresas que desejam criar redes locais e com isso garantir a segurança da sua conexão e troca de informações. Esse dispositivo opera conectando os computadores de uma rede, permitindo que eles troquem dados entre si.

No entanto, por ser um aparelho antigo, ele acaba tendo um ponto fraco: para transmitir uma informação, o Hub acaba enviando-a para todos os computadores inseridos na rede, até encontrar o destino final determinado pelo usuário.

internet-lenta-discada-antigo

Além de causar um aumento no tráfego de informações, isso acaba deixando a rede mais vulnerável, pois qualquer um que esteja conectado nela pode ter acesso a essas informações. Devido a isso, ele é considerado para muitos um equipamento ultrapassado, apesar de ainda ter boas utilidades.

Com o avanço da tecnologia, o Hub perdeu seu posto de principal equipamento para criar conexões locais, com muitas empresas preferindo investir em Switchs.

A evolução trazida com o Switch

O Switch é considerado uma evolução do Hub, especialmente no modo como é feita a transferência de dados. Além de enviar as informações diretamente para o PC desejado, ele permite a troca simultânea desses dados, algo impossível de ser feito em um Hub.

Dessa forma, ele evita que os dados sejam vistos por outros dispositivos conectados à mesma rede, garantindo muito mais segurança. O Switch ainda ganha do seu sucessor no quesito velocidade, conseguindo transmitir as informações em um menor intervalo de tempo, e com maior escala de dados sendo enviados e recebidos.

No entanto, ele possui como ponto fraco exigir uma maior complexidade para a sua instalação e uso. Portanto, caso você não tenha muitos conhecimentos sobre este tipo de equipamento, melhor contratar os serviços de um profissional da área, para evitar dores de cabeça.

cabos-conectados-no-switch

Hub X Switch: qual escolher?

Não há como ter uma resposta padrão para este tipo de pergunta, pois é preciso considerar outras variáveis na hora de se fazer essa escolha.

Apesar de ser um aparelho mais antigo e com menos recursos, o Hub acaba sendo indicado para redes locais mais simples, com menos dispositivos conectados e com baixa transferência de dados. Em resumo, ele acaba sendo um bom aliado para pequenos escritórios e negócios, especialmente por sua maior praticidade e baixo custo.

Por outro lado, o Switch é indicado para empresas maiores ou redes locais que possuam um alto fluxo de transferência de dados e dispositivos conectados. Para garantir que nenhuma informação seja compartilhada erroneamente ou acessada de forma indevida, esse produto é a melhor opção, apesar dos seus maiores custos e complexidade de instalação e uso.

Portanto, você deve considerar qual o tamanho, propósito e fluxo de informações que serão enviadas na sua rede local e fazer a escolha que mais se adequa às suas necessidades.

Por fim, não poderíamos ir embora sem antes recomendar os demais artigos do nosso blog. Aqui você vai encontrar diversas dicas úteis sobre os mais variados temas sobre informática, tecnologia, internet e muito mais! Seja bem-vindo e conte com a Positivo para deixar a sua vida mais prática e bem informada.

Links:

https://www.techtudo.com.br/noticias/2013/05/entenda-diferenca-entre-hub-switch-roteador-e-modem.ghtml

http://www.5ti.com.br/content/15-diferenca-entre-hub-e-switch

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
mapa-da-china-antigo

Calças mais velhas do mundo têm 3 mil anos

foto-do-sol-em-altissima-qualidade-divulgada-pela-ESA

Agência Espacial Europeia divulga foto do Sol em altíssima qualidade

logotipo-3d-do-instagram-em-fundo-roxo

Instagram: 4 apps para baixar vídeos da rede social

mulher-apresentando-slide

4 sites e serviços para fazer slides online

familia-assistindo-lancamentos-da-netflix

Veja os principais lançamentos da Netflix para maio de 2022

mulher-escondendo-fotos-e-videos-com-senha-no-celular

4 apps para ocultar fotos e vídeos no celular

Inscreva-se na nossa

Newsletter