Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

elon musk homem mais rico do mundo

Elon Musk: homem mais rico do mundo ganhou R$10 mil por segundo em 2021

Você provavelmente já ouviu falar em Elon Musk. O CEO da Tesla e SpaceX se tornou uma verdadeira celebridade nos últimos anos, chegando a ser chamado de o “Tony Stark da vida real”, fazendo alusão ao gênio bilionário personagem da Marvel que é o Homem de Ferro. Além de ser conhecido por seus empreendimentos e projetos de levar o homem à lua, o empresário passou a estar ainda mais em evidência ao se tornar o homem mais rico do mundo.

elon musk no saturday night live

O sul-africano já tinha o status de bilionário há alguns anos, mas se tornou o homem mais rico do mundo somente no ano passado, quando conseguiu passar grandes nomes como Bill Gates e Jeff Bezos. Segundo a Forbes, Elon Musk possui um patrimônio avaliado em US$216,8 bilhões, quase US$60 bilhões a mais do que o segundo colocado na lista, Bernard Arnault. Pela cotação atual do dólar, sua fortuna está avaliada em mais de R$1 trilhão.

Estima-se que o líder da Tesla tenha ganhado US$68 bilhões somente no ano passado, devido à grande valorização de preço de sua companhia. De acordo com a Época Negócios, isso representa um ganho de quase R$900 milhões por dia – nada mal, não é mesmo? A cada hora o empresário lucrou R$609 mil, quantia que resolveria os problemas financeiros de boa parte dos brasileiros. De fato, Elon Musk ganha por segundo mais do que quatro brasileiros em média faturam no mês, visto que o salário médio em nosso país é de R$2.489,00, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Saber como se formou a fortuna de Elon Musk vai além de uma simples curiosidade ou estudos relacionados à gestão financeira e patrimonial. O empresário já é uma das pessoas mais influentes do mundo, e deve impactar ainda mais diversos segmentos da economia mundial, como o automotivo, turismo espacial, mercado de capitais, criptomoedas e até mesmo comunicações e mídias sociais. 

Por isso, confira abaixo o que fez o Tony Stark da vida real ser mais rico do que a versão dos quadrinhos e quais os próximos planos do empresário.

Como Elon Musk começou sua fortuna

Nascido em Pretória, África do Sul, em 1971, Elon Musk teve o privilégio de crescer em uma família privilegiada financeiramente. Sua mãe era uma modelo e nutricionista conhecida, enquanto seu pai um empresário bem-sucedido. Desde cedo, Elon já mostrava inteligência e habilidade para os negócios acima da média. Aos 12 anos, ele escreveu um código para vídeo games, conseguindo vendê-lo por US$500 dólares para a revista PC and Office Technology.

Aos 17, se muda para o Canadá para estudar na Queen’s University, onde vendia peças de computador e PCs completos para seus colegas da classe. Dois anos depois, se muda para a Universidade da Pensilvânia, onde se forma em Economia e Física.

Juntamente com seu irmão Kimbal, ele cria o Zip2, software de guia da cidade, que tinha como potenciais clientes jornais. O negócio conta com um investimento de US$28 mil feito pelo seu pai, e se mostra tão promissor que o jovem Musk desiste de uma vaga de doutorado em Stanford. A decisão se mostra um acerto. Em 1999, Elon e Kimbal venderam o Zip2 por US$307 milhões, com US$22 milhões indo para o bolso do até então futuro homem mais rico.

Elon Musk Tesla

Elon Musk usa parte do valor recebido no X .com, serviço de pagamentos online que mais tarde se fundiu com uma rival e se tornou o PayPal. Em 2002, a empresa é vendida para o eBay, gerando para o empresário um lucro de US$180 milhões.

SpaceX, Tesla e a quase falência

No mesmo ano em que vendeu o PayPal, Elon Musk investiu US$100 milhões na criação da SpaceX, dando início aos seus ambiciosos planos de colonização espacial. Pouco tempo depois, ele se torna um dos cofundadores da Tesla, com a premissa de desenvolver carros elétricos.

Elon Musk dizendo para a Lua

Em 2008, ano que ficou conhecido como o estouro da crise financeira do subprime, o empresário se divorciou – evento que mexeu com as suas finanças. Segundo o próprio Elon, o divórcio e os novos empreendimentos consumiram todo o seu patrimônio, fazendo com que ele solicitasse empréstimos a amigos.

No mesmo ano, o governo dos EUA fez um empréstimo de US$456 milhões para salvar a Tesla da falência. Dois anos depois, ela se torna a segunda montadora norte-americana a ser listada na bolsa de valores do país, após a Ford em 1956. Em 2012, Elon Musk aparece pela primeira vez na lista dos mais ricos da Forbes, com um patrimônio avaliado em US$2 bilhões. Desde então, sua fortuna só tem aumentado, com o empresário iniciando novos empreendimentos, como a SolarCity, Starlink e Boring Company.

Ações da Tesla disparam e Elon Musk chega ao topo

Os dois últimos anos foram marcados pela pandemia do Covid-19. Apesar deste tempo turbulento, Elon Musk e demais acionistas da Tesla tiveram um bom motivo para se alegrar. As ações da companhia, que eram negociadas por volta de US$90 em abril de 2020, dispararam para mais de US$1.200 em setembro do ano seguinte – uma valorização de mais de 1.200%.

Este é o principal motivo para o empresário ser atualmente o homem mais rico do mundo, visto que boa parte do seu patrimônio está em ações da companhia. Nos últimos meses, as ações da montadora estão em queda, sendo negociadas atualmente próximas a US$700. Mesmo assim, o sul-africano continua liderando com folga o ranking da Forbes.

Elon Musk no saturday night live agradecendo

O que vem a seguir?

Popularizar o uso de carros elétricos, realizar novas viagens espaciais, desenvolver a internet via satélite – todos estes são planos de Elon Musk. Porém, parece que o bilionário tem um outro objetivo de curto prazo: adquirir o Twitter.

O empresário foi manchete dos principais noticiários ao redor do mundo após ser revelado a aquisição de quase 10% das ações da rede social, em abril deste ano. No mesmo mês, ele fez uma proposta para adquirir toda a companhia, tornando-a uma empresa de capital privado. Para isso, ele pretende gastar mais de US$46 bilhões – cerca de ¼ de seu patrimônio.

Elon Musk afirma que seu desejo está em ver a rede social melhorar e oferecer uma maior liberdade de expressão para os seus usuários – algo não visto atualmente, segundo o bilionário. Porém, muitos afirmam que isso pode aumentar discursos de ódio na internet. Já outros vão além, dizendo que ao ter uma grande rede social sob seu comando, Musk deseja aumentar ainda mais sua influência.

Como comentado anteriormente, o empresário é uma das maiores celebridades do mundo atualmente, com suas declarações tendo grande impacto na mídia e em mercados financeiros. As publicações do empresário no Twitter, mesmo que em tons de brincadeira, acabam influenciando o preço de diversas ações e criptomoedas – algo visto como uma forma de manipulação de mercado, o que explica o seu desejo de adquirir a rede social, segundo alguns analistas e usuários.

De qualquer forma, o acordo de aquisição do Twitter parece próximo de ser concretizado. Resta aguardar e ver como Elon Musk continuará influenciando a nossa sociedade. Por falar nisso, que tal acompanhar as principais tendências sobre o mundo da tecnologia e do entretenimento? Entre no nosso blog e confira!

Fonte(s): 

Mundo Conectado, Uol Economia (1) e Uol Economia (2).

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
lancamentos-netflix-junho-2022

Veja os principais lançamentos da Netflix para junho de 2022

celular com logo do corinthians em cima da mesa

Universo SCCP: conheça o novo app oficial do Corinthians com benefícios para torcedores

menina gamer gravando tela do pc

Windows 11: como gravar a tela do PC de forma simples

lupa apontando para o logo do google representando pesquisa

Você poderá fazer buscas no Google de coisas que não sabe como descrever

planeta AB Aur B

Exoplaneta 9 vezes maior do que Júpiter é descoberto

mulher-sentada-em-escada-usando-wifi-nos-postes

Rio de Janeiro terá postes com Wi-Fi 6E

Inscreva-se na nossa

Newsletter