Positivo do seu jeito

Dicas

Como fazer lives no YouTube usando o Zoom no Android

13 de novembro de 2020

por: MKT Positivo

Tem novidade para quem utiliza o aplicativo Zoom para fazer videoconferências no smartphone Android. O serviço acaba de ganhar um recurso de integração com o YouTube que permite que todas as reuniões sejam transmitidas em tempo real também na plataforma do Google.

A expectativa dos desenvolvedores é que essa ferramenta ajude a manter o app em evidência. Em razão da pandemia de coronavírus a procura por serviços de streaming cresceu de forma considerável em 2020.

Entre todas as plataformas do gênero disponíveis, o Zoom foi o grande destaque e a busca agora é pela implantação de funcionalidades que mantenham o software como a principal opção do segmento. Neste artigo, mostraremos como é possível desfrutar dessa integração.

Como fazer lives no YouTube usando o Zoom no Android

Antes de tudo, é preciso ficar atento a alguns pré-requisitos. A função de live streaming está disponível no Windows no Android. No caso da versão para celular, é importante que o seu smartphone esteja executando a versão 5.4.0.434 (ou superior) do aplicativo. Não se esqueça de checar a atualização do app antes de iniciar uma transmissão.

Ainda, vale lembrar que essa função está habilitada para usuários do Zoom com contas “Profissional”, “Corporativa”, “Educação” e “Empresarial”. Já no YouTube, certifique-se de que o seu canal é elegível para fazer lives no YouTube.

Passo 1. Acesse o site do Zoom e faça login na sua conta.

Passo 2. Nas “Configurações”, escolha “Gerenciamento de conta”. Depois, selecione “Configurações da conta”.

Passo 3. Em seguida, vá em “Em reunião (avançado)” e ative o recurso “Permitir transmissão ao vivo” via YouTube.

Passo 4. Depois, acesse o aplicativo do Zoom no smartphone e inicie uma reunião.

Passo 5. No menu inferior, toque sobre a opção “Transmitir para o YouTube”.

Pronto! A sincronização das contas será ativada. Serão pedidos os dados de login e senha do canal em questão para que haja permissão de acesso, mas logo em seguida você poderá iniciar a transmissão.

Fim da pandemia pode significar prejuízo para o serviço

Apesar de todos nós estarmos torcendo para que a pandemia de coronavírus termine, do ponto de vista dos investidores a volta da normalidade pode significar um grande prejuízo para o Zoom.

Assim como o aplicativo viu seu número de usuários aumentar nos últimos meses, o anúncio do sucesso da vacina contra a Covida-19 – atualmente em fase final de testes – fez com que as ações do Zoom caíssem 17%. O percentual é pequeno perto da valorização de 727% acumulada em 2020, mas ainda assim coloca a empresa em sinal de alerta.

Por essa razão, implantar novos recursos que permitam aos usuários continuarem vendo diversas utilidades no serviço mesmo depois que as empresas decidirem voltar aos escritórios é fundamental para manter a base de assinantes ativa. Serviços de streaming como a Netflix também esperam uma ligeira desvalorização e consequente queda no número de usuários com o fim da pandemia.