homem segurando um notebook com o dedo no queixo indicando dúvida

Como usar o DNS público do Google

Imagine se ao invés de memorizar a URL de um site você tivesse que se lembrar de um número, como acontece com os telefones? Certamente, tudo seria muito mais complicado, não é mesmo? É justamente aí que entra em cena o DNS.

homem com olhar distante e mão no queixo, imaginando uma situação

Um problema de DNS pode fazer com que mesmo digitando a URL certa, e sem nenhum problema aparente no site em questão, ele não seja carregado no seu celular ou PC. Por conta disso, existem algumas tecnologias que simplificam essa comunicação, tornando mais ágil o carregamento de páginas.

Neste artigo vamos entender um pouco mais sobre a função do DNS e como usar o DNS do Google, um serviço gratuito e que permite a você navegar mais rápido. 

O que é DNS?

DNS é uma sigla para Domain Name System – Sistema de Nomes de Domínio, em tradução direta. O DNS é o responsável por converter uma URL – como www.meupositivo.com.br – em um endereço de IP, uma espécie de identidade digital requisitada pelos celulares e computadores quando acessamos um servidor.

Fazendo uma analogia, é como se você passasse a chamar as pessoas pelo número do CPF delas, e não mais pelo nome.

DNS do Google: o que é e como funciona?

O sistema operacional Windows, o Android e mesmo um navegador web, seja lá qual for ele, têm os recursos necessários para transformar as URLs em endereços de IP, e vice-versa. Você não precisa instalar nenhum aplicativo diferente para ter acesso a todos esses recursos.

Porém, desde 2009 o Google criou um serviço chamado Google DNS. Ele tem a missão de fazer com que as requisições dos usuários, ou seja, a busca por uma URL, seja processada no data center mais próximo de onde você está. Isso permite que o navegador retorne resultados mais rápidos, aumentando a velocidade de carregamento das páginas e reduzindo as taxas de erro.

pessoa digitando algo num teclado de notebook

Com isso, o Google atende a uma de suas missões, que é a de tornar a internet mais acessível para um número maior de pessoas. Não tem milagre: trata-se de uma solução lógica e que utiliza da maneira mais inteligente os múltiplos data centers que o Google tem espalhados pelo mundo.

Portanto, os principais benefícios de usar o DNS do Google são:

Aumento da velocidade de navegação: seu navegador leva menos tempo para fazer requisições de acesso e receber os resultados.

Diminuição da latência: para evitar falhas de cache, o tempo de resposta entre um comando e a execução dele é reduzido – algo ideal para jogos online, por exemplo.

Mais segurança: o Google usa tecnologias de ponta de segurança digital para evitar ataques como os de falsificação de DNS e de negação de serviço (DDoS).

Como usar o DNS do Google?

Agora que você já sabe o que é DNS e como funciona o DNS do Google, é hora de aprender a utilizar esse serviço. Não é preciso baixar, nem instalar nada no seu computador ou celular. Veja o passo a passo para mudar o DNS no Windows e no Android.

Usando o DNS do Google no Windows

Passo 1: Acesse o menu “Iniciar”.

Passo 2: Em “Configurações”, vá em “Rede e Internet” e depois em “Wi-Fi”.

como usar o DNS público do Google pelo Windows passo 2

Passo 3: Escolha a opção “Propriedades da Rede Wi-fi”.

como usar o DNS público do Google pelo Windows passo 3

Passo 4: Clique no botão “Editar” na aba “Atribuição de Servidor DNS”.

como usar o DNS público do Google pelo Windows passo 4

Passo 5: Altere a configuração para “Manual”.

como usar o DNS público do Google pelo Windows passo 5

Passo 6: Selecione a opção “IPv4”. Nos servidores de DNS, informe os seguintes valores: 

  • 8.8.8.8 para o servidor DNS preferencial;
  • 8.8.4.4 para o servidor DNS alternativo.

Passo 7: Clique em “Salvar” para salvar as alterações.

como usar o DNS público do Google pelo Windows passo 7

Usando o DNS do Google no Android

Passo 1: Acesse o app “Configurações”.

Passo 2: Ative a opção “Wi-Fi” e mantenha pressionado o ícone.

Passo 3: Selecione “Gerenciar configurações de rede” e vá em “Opções avançadas”.

Passo 4: Mude a opção “Configurações de IP” para “Estático”.

Passo 5: Nos servidores de DNS, informe os seguintes valores: 

  • 8.8.8.8 para o servidor DNS 1;
  • 8.8.4.4 para o servidor DNS 2.

Passo 6: Toque em “Salvar”.

Se você curte dicas e conteúdos sobre a web, não deixe de acompanhar o blog da Positivo. Por lá, postamos tutoriais, atualizações e muito mais.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
Mulher deitada no sofá assistindo os lançamentos da Netflix em seu tablet.

Confira os principais lançamentos da Netflix para Abril de 2024

Imagem em 3D de uma mulher em pé utilizando novas tecnologias de realidade aumentada para trabalhar.

Como as tecnologias emergentes impactam o mercado

Robô desenhando fazendo alusão à criação de imagens por meio de Inteligência Artificial.

Guia prático para criar imagens no ChatGPT

Garota sorrindo e piscando um olho enquanto aponta para a câmera de um jeito divertido, como quem está dando uma dica.

6 extensões úteis para usar no Google Drive

Bateria carregada em 3D.

Indicador de saúde da bateria pode chegar ao Android

Mulher contando segredo sobre os mitos da tecnolgia que todo mundo já caiu.

6 mitos sobre tecnologia que muita gente já caiu

Inscreva-se na nossa

Newsletter


    Ao clicar em “enviar” a Positivo Tecnologia tratará os seus dados de acordo com a Política de Privacidade e Cookies.