homem se dando conta que seus dados podem ser violados através do Wi-fi do celular

Wi-Fi de celulares pode ser usado para rastrear usuários e roubar senhas

Se você acessa diversas redes Wi-Fi pelo seu smartphone, é melhor prestar atenção. Pesquisadoras da Universidade de Hamburgo descobriram ser possível rastrear usuários e obter alguns de seus dados pelos sinais de conexão sem fio que os seus dispositivos emitem.

sinal de wi-fi

Isso se deve pelo fato desses aparelhos possuírem um sistema de padronização que emite sinais periódicos em busca de conexões Wi-Fi disponíveis. Apesar desse recurso facilitar a busca e conexão com essas redes, ele acaba transmitindo informações parciais e até mesmo trechos de senhas de acesso usadas no telefone.

Em tese, essas informações deveriam ser transmitidas anonimamente, mas pela pesquisa foi possível observar que smartphones antigos ou com erros de configuração podem acabar dando de bandeja dados como endereços de e-mail e até mesmo partes de senhas que você utiliza. Neste caso, o que era para atuar como um facilitador, acaba fornecendo informações pessoais para possíveis hackers e invasores.

Por isso, vale a pena se inteirar sobre o assunto para manter seus dados seguros e evitar ser mais uma vítima na mão desses criminosos.  

Entendendo o estudo

O estudo feito pelos pesquisadores de Hamburgo ocorreu em uma zona de alta circulação da Alemanha. Eles posicionaram seis antenas em três diferentes locais, conseguindo com isso capturar diversas sondagens de rede Wi-Fi disponíveis neste território.

Dessa forma, foi possível observar que em 23,2% dos casos, informações referentes aos usuários que acessam essas redes eram divulgadas pelos sinais emitidos pelos seus smartphones. Entre os dados estavam partes de endereços de e-mail, senhas parciais e até informações completas em embaralhamentos que podem facilmente ser decifrados por pessoas mal-intencionadas.

Tendo conhecimento sobre isso, hackers e demais criminosos poderiam criar redes sem fio com o mesmo nome, senha e demais aspectos das acessadas pelas suas vítimas, mas totalmente comprometidas – uma verdadeira armadilha. Quando um usuário se conectava a uma dessas redes falsas, seus dados total ou parcialmente visíveis poderiam ser interceptados.

mulher dizendo "esses malditos hackers" em inglês

Além disso, o estudo mostrou ser possível realizar um rastreamento persistente dos dispositivos a partir das informações adicionais emitidas pelo Wi-Fi, com invasores conseguindo assim quebrar o tipo de acompanhamento anonimizado usado em grandes lojas e estabelecimentos onde diversos usuários acessam as suas redes diariamente.

Smartphones antigos correm ainda mais perigo

O estudo comprovou que aparelhos mais antigos ou que rodam com versões do sistema operacional Android anteriores ao 10 ou mais antiga que o 9 do iOS estão mais suscetíveis a serem rastreados pelos invasores. A boa notícia para os detentores de smartphones mais novos é que esses telefones estão conseguindo se proteger melhor dos hackers neste sentido.

Em 2014, um estudo semelhante conseguiu encontrar informações de 46,7% dos usuários de uma rede Wi-Fi, enquanto um levantamento de 2016 mostrou que 36,4% dos usuários tiveram alguns de seus dados expostos. Como o último estudo mostrou que menos de 25% dos aparelhos tiveram exposição, isso indica que os fabricantes de telefones e sistemas operacionais estão sendo capazes de dar menos brechas para os hackers.

Cuidados a serem tomados

Mesmo com as melhorias trazidas com as mais recentes versões de aparelhos e sistemas operacionais, é preciso tomar alguns cuidados para evitar que seus dados fiquem à mercê de criminosos.

homem mechendo no celular, tomando os cuidados necessários para a segurança do smartphone

Uma das primeiras ações que devem ser tomadas é deletar do seu celular as redes Wi-Fi que você não utiliza com frequência, mas que ficaram salvas, como hotéis, restaurantes e lojas. Dessa forma, você garante que seus dados não sejam enviados por esses sinais de rede.

Para aumentar ainda mais a sua segurança, é recomendável usar as configurações avançadas de rede e silenciar as solicitações de Wi-Fi que você não utiliza, ou então desativar o ingresso automático em uma nova rede. Apesar de precisar se conectar manualmente ao Wi-Fi da sua casa ou trabalho toda vez que chegar nesses ambientes, você garante que os dados do seu telefone não serão acessados por hackers com tanta facilidade.

Vale a pena ficar informado sobre as novidades e descobertas do mundo da tecnologia, não é mesmo? Dessa forma, é possível tomar as ações necessárias para se manter em segurança. Caso queira saber outras formas de manter seus aparelhos e dados seguros, acesse o nosso blog.

Fonte(s):

Canaltech.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
Bateria carregada em 3D.

Indicador de saúde da bateria pode chegar ao Android

Mulher contando segredo sobre os mitos da tecnolgia que todo mundo já caiu.

6 mitos sobre tecnologia que muita gente já caiu

Logo do Google Gemini.

Gemini: o que é e como usar a IA do Google

Teclado de um notebook em 3D com uma tecla com um ponto de interrogação, expressando a dúvida entre instalar Linux ou Windows.

Linux ou Windows: compare os recursos dos sistemas para PC

Crianças em uma sala de aula moderna e usando tecnologia.

Como a tecnologia melhora o processo de aprendizagem escolar?

Satélites em órbita ao redor da Terra.

Primeiros satélites que fornecem rede a celulares são lançados pela Starlink

Inscreva-se na nossa

Newsletter


    Ao clicar em “enviar” a Positivo Tecnologia tratará os seus dados de acordo com a Política de Privacidade e Cookies.