Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Positivo do seu jeito

Wi-Fi 6E: faixa de rede sem fio 6 GHz deve chegar em breve

Talvez você não saiba, mas a próxima geração de conexões Wi-Fi será o Wi-Fi 6E, um padrão que utiliza a frequência de 6 GHz e que já está disponível no mercado internacional.

Autorizado pela FCC (Federal Communications Comission), órgão norte-americano equivalente à Anatel, o padrão deve começar a ser incorporado nos roteadores que serão lançados a partir deste ano. Além disso, é preciso que smartphones, notebooks e outros dispositivos também sejam compatíveis com essa frequência.

A promessa é que ele possa proporcionar redes mais estáveis, com menos interferências e melhor desempenho. Vamos entender melhor o que é o Wi-Fi 6E e como funciona o Wi-Fi GHz.

Como funciona o Wi-Fi 6 GHz?

Muito provavelmente o seu roteador é compatível com duas frequências de rede Wi-Fi: a de 2,4 GHz e a de 5 GHz. A primeira ainda é a mais comum, mas suporta um número menos de dispositivos. A evolução natural foi a frequência de 5 GHz, mais estável e com suporte a mais aparelhos.

A frequência de 6 GHz chega para ser um passo adiante nessa evolução. Entre os seus benefícios se destaca uma gestão mais eficiente dos canais conectados, reduzindo possíveis sobrecargas e interferências. Porém, é importante ressaltar que não se trata de deixar o Wi-Fi mais rápido: tanto a frequência de 5 GHz quanto a de 6 GHz têm o mesmo limite de velocidade, 9,6 Gb/s.

A diferença se dará no uso da faixa. Em 6 GHz haverá um melhor aproveitamento da faixa disponível, resultando em um melhor desempenho.

A maior evolução em décadas

A novidade vem sendo considerada uma das maiores atualizações no padrão Wi-Fi nas últimas décadas. Em uma rede Wi-Fi 2,4 GHz os dispositivos podem utilizar até 20 Mhz em um dos 13 canais disponíveis. Na frequência 5 GHz, tanto o número de canais quanto a faixa de espectro são maiores – e esses números devem aumentar no padrão 6 GHz.

Para se ter uma ideia, de acordo com as regras da FCC a frequência ganhará um espectro adicional de 1.200 Mhz para transmissão Wi-Fi, mais precisamente entre as frequências 5.925 GHz e 7.125 GHz. Em outras palavras, com mais espaço para trabalhar, diminuem as interferências e, consequentemente, aumenta a estabilidade e o desempenho.

De acordo com os especialistas da Wi-Fi Alliance, grupo que determina os padrões do uso de redes Wi-Fi, a maior faixa de espectro será especialmente útil para melhorar a resolução de streaming de vídeos, para reduzir a latência em jogos e para aumentar o número de dispositivos conectados à rede – uma das demandas da Internet das Coisas.

Entretanto, há algumas ressalvas: o uso do espectro é algo que depende do órgão regulador de cada país. Ou seja, as regras que valem para os Estados Unidos não serão, necessariamente, as mesmas aplicadas na Europa, na Ásia ou no Brasil.

Por aqui, esse trabalho está sob a responsabilidade da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De acordo com a legislação do órgão, já foram definidas as regras para utilização da faixa entre 6.430 GHz e 7.110 GHz, porém ainda não há detalhes sobre as especificações que serão adotadas no Brasil com relação ao Wi-Fi 6E.

A expectativa é que os primeiros roteadores compatíveis com essa versão da tecnologia sejam lançados no final de 2020 e início de 2021. Eles virão com um selo indicativo ressaltando a compatibilidade com o Wi-Fi 6E.

VOCÊ TAMBÈM PODE GOSTAR
lancamentos-netflix-junho-2022

Veja os principais lançamentos da Netflix para junho de 2022

celular com logo do corinthians em cima da mesa

Universo SCCP: conheça o novo app oficial do Corinthians com benefícios para torcedores

menina gamer gravando tela do pc

Windows 11: como gravar a tela do PC de forma simples

lupa apontando para o logo do google representando pesquisa

Você poderá fazer buscas no Google de coisas que não sabe como descrever

planeta AB Aur B

Exoplaneta 9 vezes maior do que Júpiter é descoberto

mulher-sentada-em-escada-usando-wifi-nos-postes

Rio de Janeiro terá postes com Wi-Fi 6E

Inscreva-se na nossa

Newsletter