Positivo do seu jeito

Tecnologia

Microsoft Edge lento e travando? Saiba como resolver

6 de julho de 2021

por: MKT Positivo

Você usa o Microsoft Edge, porém percebeu que o navegador ultimamente anda lento e travando? Ele simplesmente “congela” ou demora muito para abrir novas abas e carregar páginas?

Se a resposta for “sim”, não se desespere: é comum que navegadores apresentem lentidão de vez em quando e, no caso do Edge, há algumas formas simples de resolver o problema.

Embora a primeira reação de quem está com o navegador lento seja a de culpar a velocidade da Internet ou a performance do computador, existe uma grande chance de que a causa não seja nem uma coisa, nem outra.

As principais causas para a lentidão no Microsoft Edge são outras e podem ser resolvidas facilmente por você mesmo em poucos minutos, seguindo instruções simples. Vamos conhecê-las!

Reduzindo o consumo de RAM

Muitas vezes, o travamento do Edge se dá pelo alto uso de memória RAM que ele, assim como outros navegadores, provoca. Nesse caso, qualquer outra tarefa do computador também pode apresentar lentidão.

A boa notícia é que é possível reduzir o consumo de memória RAM do Microsoft Edge desativando duas de suas funcionalidades: a aceleração de hardware e a execução de aplicativos em segundo plano após o fechamento do programa.

A aceleração de hardware é um recurso que permite ao Edge consumir um pouco mais de memória RAM que o habitual. Serviria para ajudar no desempenho, mas pode acabar tendo efeito contrário, prejudicando tarefas diversas da máquina.

Já o funcionamento em segundo plano mantém o Edge rodando depois que você o fecha, aparecendo como um pequeno ícone na bandeja do Windows. Isso faz com que o navegador inicie mais rapidamente quando for aberto de novo.

No entanto, esse funcionamento consome memória RAM, e, junto com outras tarefas do computador, pode dificultar o reinício do Edge, causando lentidão ou mesmo travamento.

Microsoft Edge lento e travando? Saiba como resolver

Esses dois recursos podem ser desabilitados facilmente, e o que é melhor, no mesmo lugar. Basta seguir os passos:

1. Clique no botão para mais opções (“três pontinhos”) no canto superior direito da tela;
2. Selecione “Configurações” e, em seguida, “Sistema”;
3. Clique nas opções “Usar aceleração de hardware quando disponível” e “Continuar executando aplicativos em segundo plano quando o Microsoft Edge for fechado”.

Pronto! Feito isso, é possível que você consiga resolver o Microsoft Edge lento. Mas e se isso não funcionar? Bom, nesse caso, existem outras opções que vamos explorar a seguir.

Outras formas de resolver o Edge lento

Nem sempre a lentidão no Edge está ligada a um alto consumo de RAM causado por opções padrão do próprio programa. Outros fatores podem causar problemas na navegação, e, a seguir, vamos trazer soluções para os mais comuns.

Gerenciando as extensões

O primeiro caminho a ser explorado é o gerenciamento de extensões do Microsoft Edge. Todo navegador permite que sejam instaladas extensões, ou seja, pequenos “apêndices” no programa, que realizam funções específicas.

Por exemplo, existem extensões para gerenciar agenda, analisar sites, auxiliar em tarefas de trabalho, entre muitas outras possibilidades. Muitas vezes, instalamos extensões sem precisar realmente delas, ou esquecemos de desinstalá-las depois que não precisamos mais.

Acontece que essas extensões são processos que rodam sempre que o navegador estiver aberto! Assim, extensões pesadas ou em grande quantidade podem funcionar como um enorme peso para o seu Microsoft Edge, deixando-o lento.

Por isso, gerencie as suas extensões: veja quais você não usa mais e simplesmente desinstale todas. As que você usa apenas ocasionalmente podem ser desativadas temporariamente no painel de configurações do Edge.

Fazer isso é muito simples: acessando o botão dos “três pontinhos” no canto superior direito do navegador, clique em “Configurações”, e, em seguida, “Extensões”. Lá é possível remover ou desativar as suas extensões.

Cache e cookies

Cookies são pequenos arquivos que salvamos, voluntária ou involuntariamente, quando acessamos diversos sites. Têm várias funções, desde facilitar a navegação até coletar dados.

Já o cache (ou memória cache) é uma espécie de acervo de processos e arquivos temporários que vão ficando salvos para a necessidade de serem usados de novo durante a navegação.

No entanto, tanto cache como cookies vão se acumulando com o tempo e podem deixar o Microsoft Edge extremamente lento até que sejam “limpos” pelo usuário.

Para fazer essa limpeza, siga as instruções a seguir:

1. Acesse o menu de opções (botão dos “três pontinhos”);
2. Clique em “Configurações”;
3. Em seguida, vá na opção “Privacidade e Serviços”;
4. Na opção “Limpar dados de navegação”, verifique as opções de escolha do que limpar, focando no cache e nos cookies.

Mas atenção para o seguinte detalhe: junto com os dados que deixam seu Edge lento, irão também informações de preenchimento automático salvas pelo navegador. Então, prepare-se para digitar login e senha sempre que for acessar uma conta de algum serviço pela primeira vez após a limpeza.

Restaurando e atualizando o Edge

Caso você ainda esteja com problemas, pode ser que seja necessário atualizar ou restaurar o Microsoft Edge, o que também é bastante simples.

Para verificar se o seu navegador está atualizado, basta acessar “Configurações”, e, em seguida, “Sobre o Microsoft Edge”. Lá, o próprio Edge irá verificar as atualizações e instalar as que faltarem automaticamente.

Você também pode desinstalar e reinstalar o Edge novamente para tentar resolver o problema, mas o navegador também tem uma opção nativa de reset, que é bem mais prática: a partir do menu “Configurações”, basta selecionar a opção “Restaurar configurações”.

No seu fórum oficial, a Microsoft ainda apresenta outras soluções, um pouco mais técnicas, sobre como resolver o Microsoft Edge lento e travando.

E então, gostou do texto? Aproveite as instruções e navegue tranquilo com o seu Edge a partir de agora!

Fontes: Canaltech, Olhar Digital, Gizmodo